12 novembro 2021

Instituto Histórico e Geográfico de Sobral – por José Luís Lira (*)

   


     Semana passada estive no Rio de Janeiro. Nessa viagem tive a alegria de reencontrar o casal Sheila e Daniel de Queiroz Salek (neto da escritora Rachel de Queiroz), o querido Cardeal Dom Orani Tempesta, além de Carla e Simão Aznar, passando, também, na sede da Ordem do Santo Sepulcro. 

   Aproveitando que eu teria reunião com o presidente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro – IHGB, Prof. Dr. Victorino Coutinho Chermont de Miranda, e a sócia do IHGB, Profa. Dra. Vera Tostes, apresentei-lhes antiga ideia que ficou guardada: a criação do Instituto Histórico e Geográfico de Sobral – IGHS. Ultimamente eu vinha discutindo o assunto com as professoras Giovana Saboya e Somália Viana, isto porque este ano o maior historiador sobralense, Mons. Francisco Sadoc de Araújo, fará 90 anos e o tornaremos Patrono do Instituto Histórico e Geográfico de Sobral, a exemplo do que fizera em sua fundação o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, com o Imperador Dom Pedro II.

   Francisco Sadoc de Araújo é homenageado pelo desempenho de seu papel como sacerdote católico, notável estudioso da História de Sobral e de sua região metropolitana, autor da Cronologia Sobralense, fundador e primeiro Reitor da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), igualmente fundador da Igreja do Cristo Ressuscitado, que deu origem à Paróquia do Cristo Ressuscitado, da qual foi o primeiro Pároco, membro do Instituto do Ceará – Histórico, Geográfico e Antropológico, imortal da Academia Cearense de Letras, da Academia Sobralense de Estudos e Letras e da Academia Brasileira de Hagiologia. Mons. Sadoc de Araújo, hors-concours que é, fora da competição, quando se trata de Sobral, patroneará o IHGS, reconhecido que será como a Casa do Mons. Sadoc de Araújo.

   Sobral, com 210.711 habitantes (estimativa IBGE-2020), é o quinto município mais povoado do Estado e o segundo maior do interior. Com uma taxa de urbanização de 88,35%, Sobral é o segundo município mais desenvolvido do Ceará, atrás apenas de Fortaleza, de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano.

   Temos, nessa Terra de Dom José Tupinambá da Frota, nosso primeiro Bispo, a Academia Sobralense de Estudos e Letras, de 1943, mas, sucessora da Academia Sobralense de Letras de 1922 e a Academia Sobralense de Letras Jurídicas, fundada por mim, em 2015.

   Em resposta ao nosso comunicado, o Presidente do IHGB afirmou: “...que tal iniciativa virá reforçar o Sistema Nacional de Institutos Históricos e se mostra a todos os títulos oportuna, tendo em vista as celebrações do ano próximo, em que se comemorará o Bicentenário de nossa Independência”.

   “Em nome do IHGB, auguro-lhe sucesso na empreitada, ao mesmo tempo em que lhe peço transmitir a cada um dos fundadores do Instituto Histórico e Geográfico de Sobral os cumprimentos da Casa da Memória Nacional. Felicito-os, por outro lado, pela escolha que intentam fazer do nome de Monsenhor Francisco Sadoc de Araújo, a quem todos ficamos a dever a benemérita pesquisa sobre a história sobralense”.

   Comunicamos, também, ao Instituto do Ceará – Histórico, Geográfico e Antropológico e, em 17 de dezembro, nas dependências da Igreja de Cristo Ressuscitado, faremos a fundação do Instituto Histórico e Geográfico de Sobral e a instalação será no ano vindouro.

(*) José Luís Lira é advogado e professor do curso de Direito da Universidade Vale do Acaraú–UVA, de Sobral (CE). Doutor em Direito e Mestre em Direito Constitucional pela Universidade Nacional de Lomas de Zamora (Argentina) e Pós-Doutor em Direito pela Universidade de Messina (Itália). É Jornalista profissional. Historiador e memorialista com 26 livros publicados. Pertence a diversas entidades científicas e culturais brasileiras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.