09 agosto 2021

Mistérios da compreensão - Por: Emerson Monteiro


Desde há muito que se buscam respostas face aos significados da consciência em desenvolvimento. São os rastros das civilizações que mostram os vários momentos dessa busca incessante. Quer-se responder, pois, com sabedoria aos desafios das situações vividas durante todo tempo. Ficaram as marcas deixadas pelos que intentaram esclarecer os povos, contudo a história prossegue na mesma intenção de responder e dominar os ditames da Natureza em prol de pequenos grupos. Vêm os mestres e indicam caminhos, quais túneis de larga profundidade no espírito, porém, logo adiante, outras gerações parecem ignorar os resultados oferecidos e desmancham o que eles fizeram.

Bem isso de crescer em relatividade, nesse movimento sinuoso dos tempos. Novos desafios, novas respostas, novos desafios... Ainda assim, a espécie evolui. Somam respostas e respostas, e o que antes parecia impossível depois reúne frutos promissores, a ponto de hoje dispormos das oportunidades raras de entendimento quais nunca noutras épocas. No mínimo possuímos chances de dominar os instintos perversos e construir o mundo novo.

Exemplo mais evidente do que dissemos representa o avanço tecnológico dos dias atuais. Quisessem ou não seus inventores, os recursos científicos ganharam corpo e até agora jamais havíamos tido tanta possibilidade da realização dos sonhos humanos. Infinitas barreiras ficaram atrás e os instrumentos de crescimento coletivo dominam as necessidades.

No entanto requer, tudo isso, o senso prático da democratização a todos, sob pena de criar conflitos inevitáveis entre ricos e pobres no seio das nações. Se a evolução tecnológica ganha níveis inimagináveis, o princípio da consciência coletiva precisa, com urgência, prevalecer e circular o mundo. Os equipamentos agora permitem a redistribuição da riqueza com imensa facilidade, desde que advenha o reconhecimento da fraternidade no seio das multidões. De nada valeria tanto progresso não fosse a benefício da grande sociedade, em favor da paz e da solidariedade.

A compreensão, portanto, agora exige bom senso e bons sentimentos, só isto que justificará todo o sacrifício da humanidade durante tantas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.