30 julho 2021

Agosto está chegando... – por José Luís Lira (*)


     Oitavo mês do ano no calendário gregoriano, agosto, vem do latim augustus, em honra do imperador romano César Augusto. Neste mês em termos religiosos, celebramos, santos importantíssimos e a transfiguração do Senhor Jesus e, no dia 15, a Assunção de Nossa Senhora. Nascido em uma Paróquia que tem por padroeira Nossa Senhora dos Prazeres, celebrada no dia 15, agosto é o mês da festa de Nossa Senhora dos Prazeres. Dia cinco é o marco inicial.  A alvorada com banda de música, caminhada pelas ruas da cidade, hasteamento da bandeira. A cidade fica em clima de festa. 

     A Igreja se prepara para celebrar os 7 prazeres de Nossa Senhora: 1) a Anunciação do Anjo; 2) a saudação de Isabel; 3) o nascimento de Jesus; 4) a Visita dos Reis Magos; 5) o encontro com o Menino no Templo; 6) a primeira Aparição do Ressuscitado e, 7) a sua Coroação no Céu, oficializada pela encíclica Ad Caeli Reginam, do Papa Pio XII.

     Este ano, Guaraciaba do Norte, celebra sua 260ª Festa à Nossa Senhora dos Prazeres e faz memória à sua fundadora, digamos assim, por intermédio do Pe. Felipe Dias Santiago, em 1761. É a segunda festa que celebramos em tempos de pandemia. Ano passado a celebração foi à distância ou remota, com transmissão pela Internet. No dia 15 de agosto, nosso Pároco, Frei Santiago Lazaro, conduziu, em procissão, a imagem histórica da padroeira e o Santíssimo Sacramento e nos fez emocionar a todos. Era a presença da Mãe de Deus e do próprio Deus de quem Ela é Mãe, Jesus, em nosso meio. Foi uma lembrança das bodas de Caná, Ela intercedia por nós, mas, nos orientava a fazer tudo o que Ele nos dissesse. Em dezembro, nova celebração e novamente chega agosto. Agora não terá parque na cidade, nem barracas, como outrora, mas, a Igreja está preparada para reverenciar a Mãe dos Prazeres. As missas e novenas serão campais e todos deverão usar máscaras, se distanciando, não havendo abraço da paz. Usaremos álcool em gel e tudo faremos para evitar a propagação da covid-19 e, aos pés de Nossa Senhora dos Prazeres, colocaremos nossas intenções.

    Aproveito para agradecer às inúmeras manifestações após o lançamento do livro “Nossa Senhora dos Prazeres e a História de Guaraciaba do Norte”. Registro que antes mesmo do lançamento o livro chegou às mãos do Papa Francisco, digitalmente, que digitalmente me respondeu também. A orelha do livro foi redigida pelo Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta que afirmou: “São raízes da fé católica tão arraigadas naquela comunidade, e no próprio coração do autor, que o levam a considerar Nossa Senhora dos Prazeres não apenas padroeira, como também fundadora da cidade, que ele aponta como tendo surgido a partir dessa devoção vinda de Portugal”. A apresentação é de meu irmão, Diassis Lira, e o prefácio do Pároco, Frei Santiago Lazaro. Agradeço, também, a organização da Live pela Pascom da Paróquia de Guaraciaba do Norte, destacando o empenho do Valdenilson Melo, ao nosso Pároco, Frei Santiago, ao Diassis Lira (Ticar), ao artista Reginaldo Balacó, ao historiador Romário Alves e às mensagens recebidas na de meu Bispo, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos que, além de Bispo de Sobral, preside o Regional da CNBB Nordeste 1. 

     Que Nossa Senhora dos Prazeres lance seu olhar de mãe sobre toda a humanidade!

 (*) José Luís Lira é advogado e professor do curso de Direito da Universidade Vale do Acaraú–UVA, de Sobral (CE). Doutor em Direito e Mestre em Direito Constitucional pela Universidade Nacional de Lomas de Zamora (Argentina) e Pós-Doutor em Direito pela Universidade de Messina (Itália). É Jornalista profissional. Historiador e memorialista com 26 livros publicados. Pertence a diversas entidades científicas e culturais brasileiras.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.