10 junho 2021

O espelho do Tempo - Por: Emerson Monteiro


Nós é que somos isto, o espelho do Tempo, lá onde ele se reflete sem parar. Quando dizemos o tempo passa, há nisso um contrassenso, porquanto quem passa, na verdade, somos nós. Queremos admitir que sejamos o centro da calma, quando o centro da calma é privilégio do Tempo. Tal qual um rio em constante movimento, seja ele as margens e nós o fluxo contínuo das águas deslizando ao mar da Eternidade.

Então Eternidade e Tempo são meras partes de um só Universo, e nós seus frutos em maturação. Quando, porém, galgarmos a compreensão definitiva do mistério dessa condição, haveremos de nos integrar de vez com o Absoluto, e estabelecer as bases da real compreensão de tudo quanto existe. Só assim deixaremos de ser o espelho do Tempo, lá onde ele se reflete sem parar. É tanto que as idades estão em cada um dos viventes, enquanto o Tempo será sempre a mesma criança travessa que projeta a luz em todo ser que nele se dissolve na medida do seu transcorrer.

Dentro, por isso, dessa percepção, assistimos sem parar as mudanças que nos farão, um dia, seres cientes da existência em caráter permanente, e daí viver eternamente a nossa imortalidade, longe das ausências, da saudade e do sofrimento. Este o plano da perenidade que nos assiste todo momento. Resta-nos, contudo, exercitar os refolhos da consciência até galgar os páramos celestes, depois de tantas vidas reencarnadas aqui no Chão.

Diante do teatro das horas, encenamos as peças do Destino e aprimoramos valores de merecimento à medida que desenvolvemos os papeis a desempenhar os tantos dias. O Tempo, essa testemunha constante, anota e julga nossas ações, fornecendo aos fenômenos da vida os instrumentos da justiça universal. Ninguém foge ao seu destino, diz a sabedoria popular. Apenas o Tempo, senhor e juiz, conduzirá nossos passos ao pouso da mais plena Felicidade, morada dos seres já evoluídos.

(Ilustração: A persistência da memória, de Salvador Dalí).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.