09 março 2021

Um Eu maior - Por: Emerson Monteiro

T


endência que seja de alguns, de muitos, talvez, achar, no lado negativo, a humana condição que predomina; entretanto vejo diferente, porquanto sou, a bem dizer, um otimista crônico. Sim, sei da insistência depreciativa de quantos julgam apressados a raça de que somos. Argumentos sobre guerras, misérias, injustiças, perversões, desassossegos, paixões, desigualdade social, desonestidade, perseguições, irrealizações várias, porém esquecidos, em tudo, que existe o lado da luz, claridade inevitável da unidade fundamental dos sistemas, durante todo tempo. 

Desde dentro da gente, existe um mundo novo a ser revelado passo a passo, na medida de nosso crescimento da consciência, ampliação da visão do quanto desfrutamos de existir, os seres inteligentes da Criação. São vitórias sem conta espalhadas neste espaço onde viajamos vidas e vidas. Multidões de conquistas, sobretudo no campo da tecnologia. Nas artes, ciências; avanços administrativos dos grupos sociais; aprimoramento das leis, dos estudos e pesquisas; descobertas e aperfeiçoamento dignos de seres desenvolvidos, que assim possamos ser. 

Entrementes, há necessidades urgentes no aspecto moral, psicológico, emocional. Batemos cabeça de encontro a nós mesmos quando a matéria é o conhecimento da essência espiritual, vez ainda engatinhar nesses assuntos. Quais esquecidos de si próprios, humanos abandonam a segundo plano as revelações da alma, fonte e origem da harmonia e da paz.

Ao que consta do tanto que as ciências do espírito vêm conhecendo, inúmeros exemplos de grandes luminares demonstram as possibilidades de evoluir no sentido do autoconhecimento, de vidas sucessivas, do Subconsciente, da concentração mental, da ioga, da meditação, oração, práticas de fraternidade, solidariedade, divisão da riqueza; um campo infinito de demonstrações transformadoras e sustentáveis de viver coerentemente, instrumentos que virão, por certo, indicar o real objetivo a que viemos e, afinal, constituir justo motivo das existências. Só, deste modo, então, conheceremos a verdadeira natureza humana face aos mistérios universais de que fazemos parte integrante.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.