25 abril 2019

O império da beleza - Por: Emerson Monteiro


Há de se perguntar quais leis determinariam tanta lucidez no que existe de harmonia, equilíbrio, perfeição; que poder de tamanha proporção que tudo determina dentro das normas absolutas de linhas e tonalidades, maestro de luzes e cores, desde o mínimo ao máximo do quanto realiza em todo Universo.

Sob, pois, essas leis de suprema grandeza seres e formas movem o cenário da tecnologia dos Céus, concatenando situações num constante ir e vir, trabalho dos artesões da constante atividade do Cosmos. Enquanto que nuvens de mistério ainda envolvem os segredos da Criação, código em processo de revelação permanece no silêncio e sustenta o ritmo em atividade.

Nisso, evidentes fatores impõem sua força inigualável que rege e domina e coordena as tantas fases das existências. A beleza representa uma dessas fases. Ninguém está fora desse fascínio do belo, porquanto, tais marionetes do Destino, os humanos rendem obrigação aos ditames e recebem os frutos..

São exatidões matemáticas, virtudes que norteiam entre agir e receber os resultados das ações. À medida que descobrem o trilho da extrema perfeição, eles usufruem das maravilhas incontáveis do Tempo eterno.

Bom, no entanto, já agora conhecer o quanto possível seja de sobreviver à destruição e prevalecer durante a Eternidade, viver a paz e chegar no amor, daí preenchem todos os sonhos da imaginação. Vivem a plenitude mesmo sem identificá-la com a claridade do Autor de tamanha magnitude.

A beleza traz isto consigo; reúne as circunstâncias do que passou neste chão durante eras sucessivas e sintetiza feixes constantes das qualidades puras, desde a fé, o dom divino de que emanam os bens da infinitude. Envolver a bondade nos critérios mais amplos que sejam acalmará o coração das criaturas nas festas de louvor e aceitação. A beleza, que demonstra o senso de justiça e sabedoria e que originou a Vida, preservará para sempre os nossos corações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.