09 março 2018

No Dia Internacional da Mulher: iraniana pega dois anos de prisão por tirar o véu em público

Legislação do Irã proíbe mulheres de mostrar o cabelo em público desde 1979. 
Vocês já viram (ou ouviram) algum esquerdista troglodita brasileiro criticar o regime dos aitolás?
Fonte:VEJA
Em dezembro, mais de 30 mulheres foram detidas por participar de uma onda de protestos contra o uso obrigatório do véu (@Amiroai/Twitter)

     Uma iraniana que tirou seu véu em público foi condenada a dois anos de prisão na quarta-feira. A Promotoria de Teerã não forneceu a identidade da mulher, mas afirmou que ela pretende recorrer da sentença.
     Segundo o procurador Abbas Jafari Dolatabadi, a mulher tirou o véu em uma rua de Teerã para “encorajar a corrupção moral”, de acordo com a agência de notícias local Mizan Online.
A iraniana poderá pedir liberdade condicional após três meses de pena. Dolatabadi também criticou o que chamou de uma pena “leve” e disse que iria pressionar os juízes responsáveis pelo caso para que ela cumprisse os dois anos encarcerada.
     Mais de 30 mulheres iranianas foram presas desde dezembro por tirar seus véus em público como forma de protesto. A maior parte delas já foi solta, mas algumas enfrentam sérios problemas legais.
     A lei vigente no Irã desde a Revolução Islâmica de 1979 exige que as mulheres saiam às ruas com um lenço sobre suas cabeças e seus corpos cobertos por roupas “modestas”, preferencialmente longas, mas que, no mínimo, cubram os joelhos, os ombros, o colo e o cotovelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.