28 novembro 2017

"Zona Azul" tira férias na Praça da Sé – por Armando Lopes Rafael


“Novembro Azul” no centro de Crato tem outra significação


A Praça da Sé voltou a ser dominada pelos “flanelinhas” (guardadores de carro). Acredite. É vero. Há dias,  servidores que trabalham no sistema “Zona Azul”, esta reimplantada após vários meses de promessas, e até agora funcionando precariamente (“Deus tá vendo a peleja”)  não comparecem à Praça da Sé.
Boatos circulantes –  não confirmados pela Prefeitura – dão conta de que os “azulões” (como são chamados, pela população,  os servidores da “Zona Azul”) só retornarão à principal praça da cidade depois do fim do ano. Ou seja, quando os “parques de diversão” (que se aboletaram do espaço e enfeiam aquela praça localizada em área nobre da cidade)  sejam “desinstalados” o que só ocorrerá  após o período de festas natalinas/Ano Novo.
Coisa de cidadezinha sem eira nem beira...

Enquanto isso, a Praça da Sé (mais parecendo agora  um mercado persa) ou mais precisamente o espaço destinado ao estacionamento de veículos está sendo administrados pelos “flanelinhas”.

A que ponto decaiu  a antiga “Capital da Cultura”, o antigo “Município Modelo do Ceará” e a decantada “Mui Nobre, Leal e Heráldica Cidade de Frei Carlos Maria de Ferrara”!

Por: Armando Rafael
BLOG DO CRATO


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.