04 novembro 2016

Como romeiro e junto aos romeiros Dom Fernando Panico participa de sua última romaria à frente da diocese de Crato -- por Patrícia Silva




No dia 2 de novembro último, encerramento da romaria de finados, os milhares de romeiros que estiveram em Juazeiro do Norte puderam participar de uma programação regada a muita fé na Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, Paróquia São Francisco das Chagas, Paróquia Sagrado Coração de Jesus e no Horto.
                                          Dom Fernando recebendo o chapéu de romeiro


Logo cedo, às 6h, Dom Gilberto Pastana abriu as atividades presidindo a Santa Missa na Capela do Socorro, onde está localizado o túmulo do Padre Cícero Romão Batista. Estima-se que cerca de 100 mil romeiros visitaram, neste dia de finados, o local onde está enterrado o patriarca do Nordeste. 
                       Dom Gilberto Pastana, já está integrado na Diocese Romeira e Missionária

“Essa romaria é conhecida também como Romaria da Esperança, pois acreditamos que a morte não é a última palavra. Os romeiros que visitam o túmulo de padre Cícero vão renovar a esperança na fé cristã de que a vida não acaba na Terra”, explicou o padre Cícero José da Silva, pároco da Basílica.
A celebração solene aconteceu às 9h, na Basílica, e foi presidida por dom Fernando Panico. Dom Fernando, um dos grandes defensores das romarias, após quinze anos de episcopado à frente da diocese de Crato, celebrou esta romaria, como a última enquanto bispo diocesano. A partir do dia primeiro de janeiro de 2017 ele passará o bastão de bispo para dom Gilberto Pastana, seu coadjutor, e fez a ele um pedido: “Dom Gilberto, dê continuidade ao que já realizamos pelas romarias do padre Cícero e da Mãe das Dores”, sendo aplaudido fortemente pelos romeiros.
Um dos momentos mais emocionantes deste dia foi a despedida do romeiro que aconteceu ao meio dia, também na Basílica. Além dos benditos e louvores próprios das romarias, os milhares de romeiros foram abençoados e aspergidos com água benta, que dom Gilberto fez questão de em meio a multidão, ir do altar até a porta principal da Igreja, para que mais romeiros pudessem receber as gotas de água, símbolo do batismo, da vida nova em Cristo Jesus.
(Por Patrícia Silva, texto e fotos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.