08 maio 2015

De família pobre, jovem do RJ será primeiro brasileiro formado no Bolshoi

davidbolshoi

Divulgação
David Motta Soares chegou em Moscou, na Rússia, em 2010, para estudar na Escola do Teatro Bolshoi. Sem saber falar inglês ou russo e então com 13 anos, ele encarou todas as dificuldades e, hoje, se tornou o primeiro brasileiro a se formar na sede de uma das escolas mais tradicionais de balé do mundo.
Natural de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, David é filho de um guarda municipal e de uma auxiliar de serviços gerais. Por conta disso, teve de encarar também a origem humilde para se formar na renomada escola.
“Aqui [Bolshoi] estamos sempre em contato com os bailarinos do teatro, é uma inspiração para nós. E os professores estão sempre contado história dos bailarinos antigos e de agora. Por estar numa escola estatal russo e ter ganho espaço, acho que tem ciúme e inveja. No caso, por ter ‘roubado’ lugar dos russos”, afirma David em entrevista à Folha de S.Paulo.
Sem dinheiro para se manter na Rússia, David contou com despesas pagas pelo Itamaraty para terminar os estudos. A ajuda de custo foi bem utilizada e, a partir de setembro, o garoto foi chamado para atuar na companhia a partir de dezembro. O retorno ao Brasil, até o momento, está descartado.
“Uma vez, fui reconhecido na rua por uma senhora que me viu dançando no teatro. Ela me agradeceu por eu ter dançado e fiquei pensando: no Brasil isso nunca iria acontecer. No Brasil, arte é só futebol”, explicou ele à Folha para justificar sua permanência na Europa.

 

Por Redação Yahoo! Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.