21 março 2015

Embate entre Gomes e Cunha chega às redes sociais



Pouco depois do duro embate na Câmara, que terminou com a demissão de Cid Gomes do ministério da Educação foi criada no Facebook uma página chamada “Eu exijo a renúncia do Eduardo Cunha”. O espaço, segundo O Globo teria sido criado por aliados do ex-ministro. A publicação traz ainda análise feita na página de Ciro Gomes no Facebook, onde há mensagens de apoio a Cid Gomes e ataques contra o presidente da Câmara, além de reproduções da fala do cearense durante a sessão em que reafirmou haver “achacadores” entre os deputados e os aconselhou a “largarem o osso”. Segundo O Globo, Cunha demonstrou pouco interesse sobre a ação dos aliados de Cid Gomes. “Nem vou ler. Não perco tempo com ele, nem vou respondê-lo, os advogados é que verão o que é cabível. Ele quer entrar no jogo e não serei escada para ele”, declarou o presidente da Câmara dos Deputados.
Na quinta-feira, a pedido de Eduardo Cunha, o procurador da Câmara, deputado Cláudio Cajado (DEM-BA), ingressou na procuradoria-geral da República com três representações criminais contra Cid Gomes. Cajado também acionou a Justiça Federal para tornar o ex-ministro alvo de processo por danos morais contra a imagem da Câmara dos Deputados.

Desde a sessão de quarta-feira, Cid Gomes tem se mantido recluso em sua casa, em Fortaleza. Quando retornou à cidade após o embate com os deputados, foi recebido por aliados e jovens com discursos de desagravo, aclamando o ex-ministro pela sua postura na Câmara. Cid respondeu dizendo que iria lutar sempre.

Fonte: Ceara Agora
Via www.blogdocrato.com 
Desde 2005 registrando a história do Crato para a posteridade





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.