22 fevereiro 2015

Para você refletir ! - Por Maria Otilia

Nestes últimos dois anos , estamos vivendo uma verdadeira era do " caos " em alguns municípios da região do cariri. Infelizmente algumas categorias de servidores públicos, por não ter a oportunidade de sentar junto aos seus gestores , porque a maioria destes entendem  a gestão do poder como " propriedade individual" , precisam através de seus sindicatos,  decretar o que chamamos de ponto de estrangulamento nas negociações,  a  paralisação dos serviços essenciais, dentre eles a saúde e a educação.E cabe aqui uma reflexão da nossa responsabilidade, quando  decidimos através do voto, escolher alguém para nos representar, seja no sindicato, na câmara de vereadores ou para o poder executivo.
Ressaltamos aqui, que foram longos anos de luta para que tivéssemos nosso piso salarial, um fundo que atendesse todas as modalidade de ensino. E daí veio o FUNDEB que infelizmente, a maioria dos nossos prefeitos ainda resistem em aceitar que estes recursos são exclusivos dos educadores, para os educadores e para  a manutenção das escolas. É um direito e não " favor " colocar como política pública da educação municipal,  na folha de pagamento dos trabalhadores  da educação, todos os valores definidos por lei. 
Por outro lado constatamos que a grande maioria dos educadores  ainda tem medo de lutar pela  efetivação desses direitos. Não podemos e nem devemos deixar que desmandos dos governantes prejudiquem uma categoria e acima de tudo  aqueles que não tem culpa nenhuma dessa problemática, que são os educandos.
Posto abaixo uma pequena fábula que nos leva a refletir  de que não adianta reclamar, desabafar, gritar, sem uma perspectiva de ação coletiva. Boa leitura .

              ASSEMBLEIA  DOS RATOS

Os Ratos resolveram organizar um conselho para decidir qual seria a melhor alternativa, para que eles pudessem saber com antecedência, quando o inimigo deles, nesse caso o Gato, estava por perto.

E Dentre as muitas ideias que foram apresentadas, uma delas, que logo foi aprovada por todos, considerava que, um sino deveria ser pendurado no pescoço do Gato.

Assim, ao escutarem o tilintar do mesmo, todos poderiam correr a tempo para seus buracos. Além de ser do agrado de todos aquele extraordinário plano, por aclamação, ficaram extasiados com tão criativa e objetiva solução.

E eis que um velho e sábio Rato ali presente, então questionou:
"Meus amigos, percebo que o plano é realmente muito bom. Mas, quem dentre nós prenderá o sino no pescoço do Gato?"

E nenhum voluntário se fez presente.

                       Grandes ideias sem grandes obreiros não passam de grandes fracassos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.