17 fevereiro 2015

Carnaval de ontem -- por Geraldo Menezes Barbosa (*)

   Aquele primeiro contato com o carnaval aconteceu no Crato, em frente ao Cine  Cassino, (foto ao lado) no ano de 1932. Era um dia comum, ao entardecer, quando voltava das aulas do Ginásio, aos oito anos de idade, conduzindo debaixo do braço um caderno de borrão com anotações da aula do saudoso professor Aloisio Epitácio e do Padre Gomes. Atravessando a Praça Siqueira Campos, alcancei os sons de uma vitrola em frente ao bar de Moises Teixeira, em que uma mulher cantava uma marchinha: “Ó, abre alas que quero passar” e alguns rapazes dançavam na calçada, aos gritos, tendo nas mãos copos cheios de um líquido amarelo que iam sorvendo, sem que escorresse para o chão. Sua alegria era diferente de nós, garotos. Pareciam endoidecidos. Aquele tipo de comportamento, em plena praça, os berros atraindo pessoas, homens se requebrando como mulheres, pareceu-me uma falta de juízo ou palhaços atoa.
   O caderno debaixo do meu braço alertou-me para sugerir que deveria abandonar aquele local. Ir para casa. Ia entardecendo na Praça Siqueira Campos e também na calçada do Cine Cassino onde o seu dono, Moisés Teixeira conversara baixinho com alguns dos foliões, para abandonarem o ambiente. Outra vez o caderno debaixo do braço alertou-me para voltar urgente para casa onde meu pai jamais perdoaria tamanha e irresponsabilidade de um retorno fora do tempo fixado.
   Fui saindo apressado. Sabia que meus familiares contavam os minutos de minha vida. Era o primeiro filho concluindo o Curso de Admissão no Ginásio Diocesano, o primeiro bolsista daquele educandário, oferta do meu padrinho de Crisma, o bispo do Crato, Dom Francisco de Assis Pires a quem devo o início de meu caminho para atingir as metas de ontem, hoje e para o amanhã.
(*) Geraldo Menezes Barbosa, é escritor. Nascido em Crato e residente em Juazeiro do Norte desde a infância é o mais antigo cronista do Cariri.
Praça Siqueira Campos, década 30 do século passado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.