14 janeiro 2015

Mostra 21 estreia com sessão lotada no Crato

 


Mais de 200 pessoas lotaram a sala de cinema do Sesc
Crato para assistir a abertura da Mostra, realizada
mostra21

no último dia 12. (Foto: Mirelly Morais)


Os amantes de cinema do Cariri aguardam ansiosos todos os anos pela Mostra Sesc. Em sua quarta edição na região, o público só cresce. Mais de 200 pessoas lotaram a sala de cinema do Sesc Crato para assistir à abertura da Mostra, realizada no último dia 12.
Nesta edição, a Mostra 21, que tem este nome por durar 21 dias, traz como tema "O desejo aguça com o olhar" e, dentro desta perspectiva 27 filmes foram minuciosamente escolhidos pelo curador da Mostra, Elvis Pinheiro, para aguçar também o desejo de se fazer presente. "O principal é a troca que há entre os participantes e a experiência cinematográfica que fica", comenta Elvis.
O curador explica que a temática não leva apenas ao desejo sexual, mas ao desejo inerente a tudo. "O desejo de vida e de morte, de trabalho, de construção, de destruição, ou seja o desejo está antes de qualquer coisa que se queira fazer", comenta.
Desejos
O símbolo da Mostra é uma casa, fazendo referência ao filme 'Dentro da casa', do diretor François Ozon, onde este ambiente representa o local mantenedor dos desejos mais íntimos, revela Elvis.
Para o estudante de Letras Darlan Andrade, que chegou cedo e garantiu o primeiro lugar na fila, a escolha dos filmes é o principal atrativo da Mostra 21. "São filmes premiados de diretores renomados com temáticas diferenciadas dos filmes mais populares. E tanto os filmes, quanto o público são mais alternativos. É um público que gosta de debater o cinema", observou.
O cineasta americano Stanley Kubrick foi escolhido como homenageado com a exibição de três produções suas. "Lolita", "De olhos bem fechados" e "Barry Lyndon".
Segundo Elvis, Kubrick é homenageado porque, mesmo não sendo um diretor conhecido pelo tema do desejo, possui, em sua filmografia, produções significativas que abordam o tema.
Perfil
O universitário Víctor Ameida acredita que a maioria do público que vai à Mostra possui o perfil do cinéfilo, e já acompanha, inclusive, outras mostras produzidas pelo mesmo curador. "Há sempre uma proposta de debate ao final do filme e isso atrai este tipo de público. Diferentemente do cinema convencional, a escolha do que vai a cartaz não é feita aleatoriamente, há todo um cuidado em preparar a Mostra em cima de um tema", frisa o estudante.
A Mostra 21 é um projeto anual, gratuito, que acontece por meio de uma parceria entre o Sesc (Unidades Crato e Juazeiro do Norte) e o Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB).
Serão ao todo 27 filmes ao longo de três semanas, nas unidades Sesc do Crato, de Juazeiro e no Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB).
De acordo com os organizadores do evento, são produções bem diversificadas e de vários países, como Itália, Portugal, França, Reino Unido, Dinamarca, Japão, Alemanha, Dinamarca, Rússia, Coreia do Sul e tratam de diferentes formas de desejo.

Diário do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.