29 junho 2014

Notícias e reflexões (Armando Lopes Rafael)

Novo historiador cratense
O jovem padre Tales Figueiredo, do clero da Diocese de Crato, após concluir mestrado em História da Igreja, em Roma, estará retornando a esta cidade, no próximo dia 2 de julho. A monografia do Mestrado, defendida pelo Pe. Tales,  tem por título: Diocese de Crato: gênese e contexto, na qual é resgatada a história desta igreja particular, que este ano completa o centenário de criação. A monografia do Pe. Tales tornou-se a mais completa obra sobre a história da Diocese de Crato. O jovem sacerdote fez suas pesquisas nos arquivos do Vaticano, tendo acesso aos documentos oriundos da Nunciatura Apostólica no Brasil do início do século XX, o que permitiu um novo olhar sobre os fatos que levaram o Vaticano a criar, em 1914, a segunda Diocese do Ceará. Na sua monografia Pe. Tales Figueiredo divulga alguns fatos até agora desconhecidos pelos historiadores do Cariri. Uma obra que merece ser publicada.
Túnel do Tempo
Era o dia 04 de outubro de 1940. Naquela data o segundo bispo de Crato, Dom Francisco de Assis Pires, inaugurava o Palácio Episcopal com a entronização de uma imagem do Sagrado Coração de Jesus (foto ao lado, feita pela jornalista Patrícia Silva). Esta imagem permaneceu no Palácio Episcopal até 1992, quando Dom Vicente renunciou ao bispado e aquele imóvel deixou de ser o lugar de morada dos bispos diocesanos. Depois disso levaram a  imagem do Coração de Jesus para o Centro de Expansão Dom Vicente Matos. Lá, uma das mãos da estátua foi quebrada e encontrada no lixo.
Aleluia
Nesta sexta-feira, dia 27 de junho de 2014, Dia do Sagrado Coração de Jesus, 74 anos depois da entronização, a bela imagem – agora restaurada por iniciativa do Pe. José Vicente Pinto Alencar da Silva – voltou ao Palácio Episcopal e foi reentronizada, após uma missa celebrada por Dom Fernando Panico (foto abaixo, feita por Patrícia Silva, na capela do antigo Palácio Episcopal). A partir de agora, anualmente, todo Dia do Coração de Jesus, haverá a “Renovação”, que será feita pelos funcionários da Cúria Diocesana de Crato.

Povo sem memória
Dom Luís Flávio Cappio às margens do Rio São Francisco
Lembram-se daquele bispo católico que, em 2007, fez uma greve de fome, alertando para a preservação do Rio São Francisco? Há sete anos, Dom Luís Flávio Cappio, bispo de Barra (BA) denunciou: o chamado Rio da Integração Nacional passava por inúmeros problemas ambientais, incluindo o assoreamento resultando aquele curso de água ficar, a cada dia que passa, mais raso. Dom Flávio Cappio dizia que o projeto faraônico da transposição das águas do Rio São Francisco corria o risco de naufragar devido ao pouco volume de água.
Vida de gado
Pois bem, Dom Flávio Cappio estará chegando à Rodoviária de Crato no próximo dia 7 de julho e daquele terminal segue direto para a cidade de Camocim de São Félix – no agreste pernambucano –, onde vai pregar o retiro anual do clero da Diocese de Crato. Em 2007 todo mundo ficou ao lado do governo (naquela época Lula e o PT ainda tinham alguma credibilidade), e contra o bispo. Muitos escreveram que Dom Cappio era um desumano, que não queria dividir a água com os sertanejos do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Foi um Deus nos acuda...
Hoje sabemos que o bispo é quem tinha razão
Antes de desviar as águas do rio para a transposição o governo precisava de um projeto paralelo de recuperação ambiental com o objetivo de melhorar a qualidade da água daquela bacia hidrográfica. Outra providência que se impõe é o reflorestamento das margens na tentativa de recuperação da mata ciliar, impedindo a erosão, que em muitos pontos está entupindo os canais, gerando assoreamento, causando problemas para a navegação e diminuindo a concentração de espécies nativas. Outra iniciativa que precisa ser feita é a coleta e tratamento das águas dos esgotos das cidades ribeirinhas na Bahia e Pernambuco, na tentativa de diminuir a poluição hoje presente no rio.
No mais
Planejada para ser inaugurada em 2010, a obra da transposição se arrasta em meio a muitos problemas. O último aconteceu na semana passada: a greve dos operários, no trecho de Mauriti (CE) por conta da falta de pagamentos dos seus salários. Recentemente a presidente Dilma desabafou: “O país subestimou a dimensão e a complexidade da obra de transposição do rio São Francisco”. Descobriu uma verdade que Dom Flávio Cappio havia previsto há 7 anos...

É brincadeira
Vá lá. Admito que nestes dias o brasileiro só lê notícias ou comentários se for sobre futebol. É por isso que a mídia entrou no ritmo da “pátria de chuteiras”. No entanto, a vida desta república continua a mesma rotina dos 365 dias normais  do ano quando não tem Copa do Mundo. Quer uma prova? Noticiou-se que o fundo de pensão dos Correios "aplicou" (o certo seria dizer: "torrou") mais de 370 milhões de dólares em letras da dívida da Argentina e da Venezuela. A ordem do (des)governo é: “ajudem os bolivarianos e outros  governos da esquerda troglodita”.
Pelos frutos se conhecem as árvores
Não foi por isso que o Governo da República Federativa do Brasil gastou mais 1 bilhão de dólares na construção de um porto em Cuba? Só depois, (será?) descobriram que o tal porto não tem movimento para garantir seu funcionamento, pois a ilha-prisão está com a economia falida. E agora, pasmem, o governo do PT tenta convencer algumas indústrias farmacêuticas brasileiras a transferir suas fábricas para Cuba com a finalidade der viabilizar o porto de los hermanos –ditadores. Os empresários rechaçaram a sugestão, pois não são idiotas...Mas, hoje é dia de hoje do Brasil... Deixa prá lá! Viva Neymar!
No mais
Em 2003 o atual governo dizia que naquele ano começava a história do Brasil. O os feitos de 503 anos que tinham ficado para trás m coisas sem importância. O passado se resumia aos erros das “zelite” brancas. Mas, depois de 12 anos de poder do PT, oh dor!, vemos na mídia as invasões de terrenos e prédios para solucionar o problema de falta de moradias. Oxente, e o Brasil não tinha virado um  paraíso?
A frase do dia
Veio do leitor Euclides Sousa: “Bem feito para o Japão, fica investindo em saúde e educação, tá aí o resultado: fora da Copa!”.

                                                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.