11 junho 2013

Cristovam Buarque afirma: Governo brasileiro perdeu o rumo da economia


O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) afirmou, nesta segunda-feira (10), que o governo brasileiro está sem rumo no que diz respeito à economia do país. Ele acredita que as instituições econômicas perderam a credibilidade e que essa falta de confiança da população brasileira nos gestores da economia ameaçam o país.

O senador citou diversas reportagens veiculadas na imprensa que apontam a dificuldade que o país está enfrentando na economia, entre elas, o déficit das contas correntes – que reflete a quantia, em dólares, que falta ao governo para quitar seu saldo negativo na balança comercial – e o aumento da inflação que, segundo ele, é uma forma de corrupção que rouba o salário das pessoas.

- A inflação está em 6,5%, o máximo da tolerância em cima da meta de 4,5%. É preciso que se saiba que 6,5% é uma inflação razoavelmente alta. Basta dizer que, com 6,5%, a cada dois anos uma pessoa perde 10% de sua renda. Então, vai ser preciso reajustar salário, o que vai pressionar os custos e, aí, volta a aumentar a inflação – explicou.

O senador também criticou os pacotes lançados esporadicamente pelo governo, que, em vez de adotar uma política de controle da inflação, tenta manter os preços por meio de desonerações e apontou a necessidade de o governo escutar a oposição e evitar o “excesso de euforia” em acreditar que as coisas vão bem.

- Não tem futuro isso. Isso é um esgotamento previsível totalmente, só que não se pode saber qual é o prazo exato, em quantos anos ou quantos meses o problema vai acontecer – alertou.

Agência Senado


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.