05 fevereiro 2013

PT do Ceará define luta por reforma política e manutenção de aliança com o PSB de Cid Gomes – Por Beto Fernandes


U
ma resolução política da Executiva Estadual do PT definiu a luta pela efetiva reforma política e continuação da aliança estadual com o PSB do Governador Cid Ferreira Gomes. A aprovação aconteceu em reunião realizada na última sexta-feira. Outro destaque da resolução é a convocação da militância do partido para o V Congresso Nacional quando serão comemorados os 33 anos de sua fundação.

Governador Cid com o líder do PT na Câmara, José Guimarães
            
No que tange a reforma política o PT é muito claro quando ao financiamento público de campanhas eleitorais, listas partidárias pré-ordenadas, ampliação da participação das mulheres e ampliação do controlem social nos processos decisórios. A pauta principal do Congresso Nacional será os 10 anos do governo progressista do Partido dos Trabalhadores. O vice-presidente nacional, José Guimarães, lembra que o partido está também em processo de organização para renovação das direções em todos os níveis através do PED – Processo de Eleições Diretas -, programado para o próximo mês de novembro.
 
Outro objetivo definido foi o de acompanhar as gestões das 28 prefeituras do PT no Ceará visando torná-las referência de administração e de participação popular. Outro ponto importante definido na resolução foi a reafirmação da manutenção da aliança partidária estadual, construída desde 2006 e que tem contribuído para os avanços sociais e econômicos, no Ceará e no Brasil, respeitando-se as realidades municipais.
 
“Este ano é considerado estratégico para nós que fazemos o PT por esta série de fatores e por esta razão já está agendada reunião do Diretório Estadual para o próximo dia nove de março onde discutiremos todos estes aspectos incansavelmente e fortaleceremos o apoio para os prefeitos, vereadores e aliados que estão no exercício de mandatos”, esclareceu Guimarães.


Penso eu:
 
O PED será o grande responsável pela definição do PT em termos de composição política com vistas a 2014. O Campo Democrático, uma das correntes existentes no partido, tem se articulado em todo o Estado visando se fortalecer ainda mais para as disputas. Evidentemente que as demais correntes também estão se mobilizando com todo direito democrático para esse processo.
 
É de conhecimento público que na esfera nacional há sinalização para que seja continuada a aliança com o PSB de Cid Gomes até pelo projeto de reeleição da presidente Dilma Rousseff. O Governador Cid Gomes também é favorável à manutenção desta aliança porque sabe que o processo sucessório de 2012 foi uma realidade diferente da que pode se apresentar para 2014.
 
O Governador Cid já disse em entrevistas que não vê o PT como oposição no Ceará e que pode inclusive abrir mais espaço na administração estadual. Para demonstrar o interesse de Cid na manutenção desta aliança, ele está propenso a abrir vaga na Câmara federal para que o suplente petista Ilário Marques, assuma. O deputado Domingos Neto (PSB) deve se afastar para assumir a Secretaria das Copas da Prefeitura de Fortaleza e o suplente inicial é Paulo Henrique Lustosa (PMDB) que está na presidência do COPAM - Conselho Estadual de Políticas e Gestão do Meio Ambiente -. O segundo suplente é Flávio Bezerra (PRB) que Ocupa cargo no Ministério da Pesca. O terceiro suplente então fica sendo Gera Arruda (PMDB), filho da deputada estadual Inês Arruda e do ex-deputado federal José Gerardo Arruda.
 
Visando abrir a vaga para Ilário, é necessário que o primeiro e o segundo suplente permaneçam nos respectivos cargos que hoje ocupam e, ainda que, Gera Arruda não aceite assumir o mandato. Com isso a deputado Rachel Marques pode ser mais uma parlamentar do PT a adotar uma postura de apoio ao governo na Assembléia. O PT tem hoje três deputados na Assembléia. Dedé Teixeira é aliado do Governo, Antonio Carlos, apesar de ex-líder de Cid é ligado a ex-prefeita Luizianne Lins e hoje faz oposição e Rachel com uma linha mais independente. No Governo, os deputados Camilo Santana, Francisco Pinheiro e Nelson Martins ocupam respectivamente as secretarias das Cidades, de Cultura e de Desenvolvimento Agrário.
 
Todo esse processo do PT e PSB interessa também ao PMDB de Eunício Oliveira e o ao PCdoB de Inácio Arruda. É que essa reaproximação fortalece uma pré-candidatura de José Guimarães a um cargo que pode ser a vice-governadoria ou a senatoria. Resta saber quem será o indicado de Cid para sua vaga. O PMDB tem pré-candidato: Eunício Oliveira. O PSB tem dois nomes lembrados: Mauro Filho e Leônidas Cristino. Com esta aliança, o que for escolhido será o mais forte.

Por: Beto Fernandes
Revista do Beto e Blog do Juazeiro


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.