09 fevereiro 2013

Notícias/Reflexões para este sábado (por Armando Rafael)

Moro num país tropical...


O general Golbery do Couto e Silva dizia que a memória da opinião pública brasileira só durava 15 dias. Isso se não fosse véspera de carnaval ou período de  Copa do Mundo de futebol, quando a memória da “brava gente” é ainda mais curta. Estamos em pleno carnaval. Mesmo assim relaciono algumas notícias divulgadas neste sábado...

 
A década perdida


Hoje o governo federal administra a queda da produção e redução do  lucro da Petrobrás; a volta da inflação (que registrou quase 1% somente em janeiro último); a dívida federal astronômica; a paralisação das obras do PAC, e denúncias de desvios de verbas na transposição do Rio São Francisco; os “pibinhos” humilhantes dos últimos anos; o escândalo do  mensalão; a violência ocupando metade do horário dos noticiários na televisão; os fichas-sujas assumindo a presidência do Senado e da Câmara...

Destino das estatais

Quem tinha R$ 50 mil de ações da Petrobrás em 2007 (aí incluído o Tesouro Nacional) hoje tem esses papéis valendo menos de R$ 19 mil. Fruto do governo Lula da Silva, que resultou na crise ora enfrentada pela ex-maior empresa brasileira. No churrasco do Lula, Gabrielli comeu filé. No churrasco da Dilma, Graça Foster rói o osso...

Tá feia a coisa

O valor de mercado da Petrobrás caiu 65,5%. Voltou ao mesmo valor de 1999. Hoje a Petrobrás vale menos que a Ambev, devido a falta de investimentos no setor durante os governos petistas. Os trogloditas da esquerda já encontraram a solução para isso: estatizar a Ambev e privatizar a Petrobrás.

Povo marcado, povo feliz

Escárnio, ignorância ou má fé? Além de quebrar esse símbolo da pujança nacional (lembram-se da campanha “O petróleo é nosso”?) O “Cara” ainda anunciou que o Brasil iria virar uma nova “potência mundial” com as descobertas do petróleo do pré-sal. Foi com este mote que ele conseguiu um estelionato eleitoral para eleger dona Dilma...

De leão rompante a gatinho siamês

Um dia depois da bravata de posse, quando declarou que a última palavra sobre cassar ou não os quatro deputados envolvidos no mensalão – condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF– seria da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) recuou. Após visitar o presidente do STF, o presidente da Câmara Federal declarou à imprensa: "a possibilidade de a Casa não cumprir determinação do STF sobre a perda de mandato dos condenados do mensalão é zero".

Casa de Mãe Joana

O embaixador da Venezuela no Brasil, Maximilien Sánchez Averláiz, participou de um ato de apoio a José Dirceu. No evento foram feitas críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) por ter condenado o ex-deputado do PT, que liderou o maior escândalo e corrupção da história republicana brasileira. A ditadura de Hugo Chávez separa o joio do trigo e fica com o joio. Na Colômbia o companheiro bolivariano financia e apoia os narcoterroristas das FARC. No Brasil apoia e prestigia os políticos corruptos...

Uma boa notícia

Mas, no meio de tantos notícias ruins, um fato bom que não foi noticiado domo devia ser feito:  o Ministério Público de São Paulo denunciou 72 pessoas que invadiram a Reitoria da Universidade de São Paulo (USP), em novembro de 2011. Eles foram enquadrados por crimes de formação de quadrilha, dano ao patrimônio público, desobediência legal e pichação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.