17 fevereiro 2013

Milionário da Mega Sena perdeu a eleição em Senador Pompeu e mais R$ 3 milhões


Chico de Jeová ganhou R$ 26 milhões na Mega sena em 2009. O dinheiro passou quase dois anos na poupança se multiplicando. Ele era um homem simples em Senador Pompeu. Quando ele começou a movimentar o dinheiro, comprando tudo que olhava e pagando bebida para o povão, seu segredo estava revelado: Chico de Jeová era o milionário da Mega sena. A notícia se espalhou. Rico, poderoso e sem votos, ele trocou o PT pelo PTB, na verdade comprou o PTB da terra dele.

Se lançou candidato numa chapa com Maurício Pinheiro, o Maurição, na sua vice. O adversário era Valires, irmão do Luizinho do Inharé, o prefeito que passou oito meses na cadeia. A campanha iniciou e Chico de Jeová gastando. Ele gastava com ele e a irmã dele, Dalvinha do Jeová, candidata a veradora. Faltando 28 dias para a eleição enquanto Chico de Jeová se espreguiçava numa rede, contando votos e dinheiro, a justiça libertava Luizinho de Inharé, irmão do seu adversário e o Teixeira, prefeito de Senador Pompeu. Os dois estavam há 10 meses na cadeia, por roubo, assalto aos cofres da prefeitura de Senador Pompeu. Chico de Jeová não se

preocupou, parou de gastar. O prefeito Teixeira e Luizinho do Inharé sairam comprando votos. No dia da eleição o milionário Chico de Jeová queria quebrar todas as urnas eletrônicas. Perdeu a eleição por uma diferença de 400 votos, na verdade recebeu 7.600  votos, o mesmo número que Maurição já tinha conquistado sozinho em 2008. A irmã de Chico também foi derrotada na eleição para vereadora. Senador Pompeu é o retrato da política do Ceará.

Lindomar Rodrigues - Blog do Roberto Moreira


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.