24 janeiro 2013

Política - Com Madson Vagner - Dia 24 de Janeiro de 2013



Escolas de Santana do Cariri pedem socorro

No município de Santana do Cariri são muitas as reclamações pelas más condições das escolas municipais. São casos de abandono das instalações e até do mobiliário que, em alguns casos, estão sendo doados. O Colégio Municipal Edson Olegário de Santana está com a frente tomada pelo matagal, onde já existem depósitos com água parada, além de muitos mosquitos e outros insetos.

Outro caso grave e que chamou a atenção da população, aconteceu na Escola Geraldo Rodrigues Dumont, no Distrito de Araporanga. A nova direção retirou móveis como birô e carteiras; além de louças, como pratos, talheres e panelas, depositou em uma garagem particular em frente a escola e convocou a população para levá-los para suas casas. O problema é que tudo está tombado pelo patrimônio do município e não foi feita nenhuma comunicação ou pedido, nem a Câmara, nem ao conselho municipal de educação. Ou seja, é o patrimônio público sem doado sem autorização. Segundo moradores que presenciaram a atitude, a alegativa da direção e a de que tudo será comprado novo.

Parece que em Santana do Cariri as coisas estão bem diferentes dos outros da região. Enquanto os outros municípios reclamam da falta de dinheiro, até para pagar os professore e outros servidores, em Santana tem dinheiro sobrando, já que, a prioridade, ao que parece, é a compra de móveis novos.

Ciro lança Mauro Filho ao governo durante palestra em Juazeiro do Norte

O ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB), aproveitou a palestra que fez para empresários da região do Cariri, no Teatro Marquise Branca, em Juazeiro do Norte, sobre “os efeitos da crise econômica mundial no Brasil”, para iniciar as especulações sobre quem será o candidato da situação em 2014. Ciro se referiu várias vezes ao secretário Mauro Benevides Filho como "governador".

Ciro esteve em Juazeiro na segunda-feira (21), a convite da presidente da Associação Cearense das Empresas de Decoração (Aced), Solange Parente Maia.

Pontapé para 2014

Parece que as discussões sobre a sucessão de Cid já começaram e o Cariri foi o escolhido para o pontapé inicial. Resta saber como ficam os nomes do Cariri que, também pretendem a vaga, como senador Eunício Oliveira (PMDB) e o, também secretário, Camilo Santana (PT).

Eunício deixa claro, inclusive na imprensa, que pretende ser o nome indicado da aliança. Na última semana, declarou ao caderno Zoeira, do Diário do Nordeste, que está disposto a ser candidato com a promessa de deixar o governo seis meses antes do termino, voltar ao senado e apoiar o próprio Cid para 2018.

Já o secretário Camilo Santana, mesmo cotado, segundo opiniões de bastidores, prefere o silencio e a cautela. Ele disse que desconhece qualquer discussão nesse sentido e que ainda é cedo para tal debate.

Freio no PMDB ou em Eunício?

Quando olhamos mais atentamente, percebemos que Mauro Filho é filho do deputado federal Mauro Benevides, um dos caciques do PMDB e padrinho político de Eunício Oliveira no início da carreira política. Eunício cresceu e se tornou maior que a família Benevides. 

A indicação de Mauro Filho pode ser um freio no avanço de Eunício. Além de ser uma demonstração de que a família Benevides ainda é forte na política cearense. É claro que a indicação tem outro lado. Mauro Filho é deputado estadual, mas tem ampla experiência com o executivo. Assumiu seu primeiro posto de secretário de estado ainda 1990, passando pelos governos de Ciro, Lúcio Alcântara e, agora, Cid Gomes. A confiança em Mauro Filho é tanta que em 2002, quando Ciro foi candidato a presidente, Mauro Filho foi o coordenador do programa econômico. Ou seja, além de competente, Mauro tem a confiança e pode neutralizar o crescimento de Eunício. Seriam dois coelhos com uma só cajadada!

Outros nomes da lista

Comenta-se nos bastidores que Mauro Filho é a primeira opção dos irmãos Ferreira Gomes, mas ainda estão na disputa os nomes de Leônidas Cristino, Domingos Filho e Camilo Santana. Entre eles chama a atenção o nome do atual vice-governador Domingos Filho. Segundo informações para entrar de vez na briga pela indicação, Domingos teria que deixar o PMDB de Eunício pelo PSB de Cid e Ciro.

Dos três, o nome de Camilo é o menos cotado. E o motivo não é por falta de vontade de Cid Gomes, mas o fato do PT já está fechado com a indicação do PSB. O acordo já teria sido negociado pela própria presidenta Dilma, com a contrapartida dos Ferreira Gomes segurarem Eduardo Campos nas pretensões ao Planalto em 2014. O PT cearense deve mesmo ficar com a indicação ao senado ou compor novamente a vice na chapa majoritária. Já Eunício, fora das pretensões do PSB, pode aceitar a situação ou enfrentar uma candidatura solitária. É esperar para ver o que acontece!

Madson Vagner - Jornalista
Membro oficial do Blog do Crato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.