15 janeiro 2013

Mostra SESC - 10 Anos de descaso para com o Artista Caririense - Por: prof Luiz Benui Taveira (Tio Bibi).


NE - Há pessoas que quase nunca escrevem, mas possuem um talento inato para a escrita, para o jornalismo. Um deles é o Luiz Beniu Taveira ( Tio Bibi ) , que foi cotado pela administração Ronaldo Mattos para a chefia da Fundação J. de Figueiredo Filho, mas há um disse-me-disse na cidade se será mesmo ele ou não ( A resposta a essa pergunta só sairá após uma reunião marcada para o sábado ). Mas falando em Tio Bibi, lembro-me que há muitos anos, em 2008, publicamos aqui um texto dele sobre a Mostra SESC cariri de Cultura, e que ainda hoje é válido e muito verdadeiro para todos nós da classe artística, porque na época ele foi o primeiro a empunhar a bandeira de defêsa dos valores do Cariri na referida mostra. Parabéns, Bibi, por sua história de lutas e conquistas. ( Dihelson Mendonça ).


A cada edição da Mostra SESC Cariri de Cultura a organização do evento apresenta metodologias diferentes, sempre muito cruéis para os artistas do Cariri. [ Acima: Prof. Luiz Benui Taveira (Tio Bibi) ]

Mais uma vez, enquanto artista, venho a público manifestar meu repúdio contra a falta de respeito para com a comunidade artística local. A coordenadora geral, Dane de Jade, pessoa que admiro pelo brilhante desempenho como gestora cultural do SESC. Entretanto, no tocante à Mostra Cariri de Cultura, ela comete pecados gravíssimos a ponto de amadrinhar grupos de seu círculo de amizade, deixando de fora artistas, diretores, produtores e companhias de artes que desejavam de alguma forma mostrar suas artes e talento, mas não tiveram acesso.

Até quando os artistas caririenses vão continuar recebendo tratamento medíocre? As coordenações locais de cultura, nas pessoas do tímido Samuel (Crato) e do prepotente e arrogante Mano Grangeiro (Juazeiro do Norte), deveriam manter contato harmonioso com os artistas. Queremos apenas somar e contribuir na legitimidade do evento, mas não temos oportunidade. Somos tratados como lixo na “república dos cariocas” em terras caririzeiras.

A minha crítica não é ao SESC como instituição, mas ao evento que, em sua 10ª edição, demonstra não respeitar o Cariri e sua gente, especialmente os artistas. Uma das provas disso foi uma tal pré-mostra a que foram sujeitados os grupos teatrais da região, em condições precárias e humilhantes. A magnífica dramaturgia do Grupo Humanos em Espaço-Tempo, com a brilhante direção de Mauro César não pode ser apreciada pelo grande público, pois a produção incompetente não disponibilizou aparato técnico para que a peça RizoMachadiando fosse apresentada. Enquanto isso, os grupos e artistas “de fora” receberam tratamento “iper-mega” especial do comando da “república dos cariocas” e de seus serviçais em nossa terra.

Outro episódio constrangedor aconteceu com a “Trupe do Bulaxinha”, núcleo da ONG Tio Bibi & Cia.: repetindo a prática de outras edições, fomos discriminados e a “trupe do Bulaxinha”, sob a coordenação do carioca Júlio Adrião, foi autorizada e desautorizada a se apresentar no Overdoze, tendo seu som desligado porque estava “atrapalhando” outro espetáculo (de fora). E os nossos palhaços choraram, arrastando-se desmoralizados para fora da lona. Não entendemos que direito tinha o tal Adrião em poder barrar artistas locais que, voluntariamente, abrilhantavam o Overdoze? E isso, sem cachê, apenas por amor ao ofício e ao público. Esse mesmo Júlio Adrião se apresenta há várias edições com a mesma peça, deixando claro que o objetivo da “república dos cariocas” é resolver o “bolso” de seus amigos. Inclusive com cachê que chega cerca de R$ 8.000,00, enquanto por aqui nossos grupos teatrais recebem cachês vergonhosos de R$ 400,00 na programação Cena do Cariri. Pergunta-se, então, a Dane de Jade, até quando esse cidadão e outros iguais vão continuar gozando de tanto privilégio, enquanto os artistas do Cariri são discriminados e humilhados?

Deixo claro que meu desabafo em favor do artista caririense não se estende ao Gerente Operacional do SESC de Juazeiro do Norte, o Sr. Paulo Damasceno, pois o mesmo, na minha concepção, não faz parte dessa “panelinha”. Ele sempre trata os artistas com respeito e carinho, prestigiando-lhes sempre que é possível.

Sugiro que a Coordenação Geral da Mostra SESC Cariri de Cultura repense suas ações e retome o diálogo e o respeito com os artistas e produtores caririenses. Chega de maus tratos e de esmolas. O Cariri é muito rico em sua cultura e não merece ficar com as sobras da “república dos cariocas”. Espero que, em 2009, o potencial da nossa região não sirva apenas para ilustrar a justificativa de captação de recursos públicos, mas efetivamente ocupe o lugar de destaque que merece.

Crato-CE, 29 de novembro de 2008.

Luiz Benui Taveira (Tio Bibi)
Professor, Ator, Palhaço, Diretor de Teatro, Diretor de Produção e Radialista

Nota do Blog do Crato em 2008:

Gostaria de reforçar aqui as palavras do autor do artigo excelente, por sinal, e que há muito tempo que eu tenho notado isso entalado na garganta de muitos artistas do cariri também. Já reclamei noutros anos, e vejo muitos outros artistas Caririenses reclamarem que são desprestigiados na Mostra SESC. É como o também artista, poeta, fotógrafo de arte Wilson Bernardo uma vez disse: "Essa Mostra é Importada" Eu ainda acrescento: Esse é um negócio para trazer os artistas de fora para se apresentarem aqui no Cariri, sem nenhuma contrapartida do SESC em fazer o processo inverso, levá-los DAQUI para se apresentarem em outros locais do Brasil, prestigiando-os e assegurando seu valor. [ Escrito em 2008 ]

ADENDO:

Hoje pela madrugada, dia 15 de Janeiro de 2013, encontrei o Luiz Benui Taveira ( Tio Bibi ) no centro do Crato. Sobre o texto acima, ele diz que a única coisa que mudaria é que retiraria a dura crítica que fez na época ao Mano Grangeiro, que inclusive têve oportunidade de pedir-lhe desculpas pessoalmente no ano passado, mas diz que o texto foi escrito quase como um desabafo por seu filho haver sido maltratado publicamente na época. Bibi diz que nada tem contra a pessoa da Secretária de cultura Dane de Jade e lhe deseja uma excelente gestão à frente da Secretaria, e torce para que ela possa fazer um bom trabalho para o Crato, juntamente com a equipe por ela escolhida. Acrescenta ainda que sobre as inúmeras perguntas do público de SE irá ocupar algum cargo na nova gestão municipal, ele só publicará algo, ou tecerá comentários após uma reunião que está marcada para o próximo sábado com o prefeito do Crato, Ronaldo Gomes de Mattos. ( Em conversa com Dihelson Mendonça ).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.