20 janeiro 2013

20 de janeiro: Dia de São Sebastião (postado por Armando Rafael)



São Sebastião (França, 256 d.C. — 286 d.C.) originário de Narbonne e cidadão de Milão, foi um mártir e santo cristão, morto durante a perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano. O seu nome deriva do grego sebastós, que significa divino, venerável (que seguia a beatitude da cidade suprema e da glória altíssima). De acordo com Actos apócrifos, atribuídos a Santo Ambrósio de Milão, Sebastião era um soldado que se teria alistado no exército romano por volta de 283 d.C. com a única intenção de afirmar o coração dos cristãos, enfraquecido diante das torturas.


Era querido dos imperadores Diocleciano e Maximiliano, que o queriam sempre próximo, ignorando tratar-se de um cristão e, por isso, o designaram capitão da sua guarda pessoal - a Guarda Pretoriana. Por volta de 286, a sua conduta branda para com os prisioneiros cristãos levou o imperador a julgá-lo sumariamente como traidor, tendo ordenada a sua execução por meio de flechas (que se tornaram símbolo constante na sua iconografia). Foi dado como morto e atirado no rio, porém, Sebastião não havia falecido. Encontrado e socorrido por Irene (Santa Irene), apresentou-se novamente diante de Diocleciano, que ordenou então que ele fosse espancado até a morte. O Seu corpo foi colocado no esgoto público de Roma. Luciana (Santa Luciana) resgatou o seu corpo, limpou-o, e sepultou-o nas catacumbas.

Um santo muito popular

São Sebastião foi o ícone de várias expressões artísticas. A Pintura há muito o nomeou como modelo de pintores da Renascença. Na literatura, São Sebastião teve sua trajetória contada no livro "Perseguidores e Mártires" , do escritor italiano Tito Casini. Ainda na literatura, foi um dos personagens centrais do romance "Fabíola" (também intitulado "A Igreja das Catacumbas"), escrito em 1854 pelo Cardeal Nicholas Wiseman.

São Sebastião no cinema


Acima, Massimo Girotti no papel de São Sebastião em "Fabíola", filme francês de 1949 (cartaz abaixo).
Acima, Ettore Manni como São Sebastião no filme "A revolta dos escravos" 



São Sebastião e o Crato
 


Na Diocese de Crato, São Sebastião é padroeiro das Paróquias de Nova Olinda e Mangabeira (distrito de Lavras da Mangabeira). Em Crato ele é padroeiro do distrito de Dom Quintino,  do bairro Ossian Araripe e existe no nosso município a famosa capela de São Sebastião dos Currais,  além de outras na zona rural.

Uma relíquia do santo


Relíquia que se conserva com uma das várias flexas que atingiram o mártir São Sebastião
Dados transcritos do blog:videotecacatolica.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.