19 novembro 2012

Neto marca no fim, Brasil bate Fúria na prorrogação e conquista o hepta


Brasil Espanha Mundial de Futsal (Foto: Getty Images/Fifa)

Em 2004, o fixo Neto saía do Mundial de Taiwan como grande vilão, ao perder a última cobrança na decisão por pênaltis contra a Espanha. Oito anos depois, o jogador do Joinville virou a página com uma atuação brilhante e decisiva na grande final da mesma competição, marcando o gol do título a 19 segundos para o fim da prorrogação.

Jogando contra a mesma equipe espanhola, o defensor balançou a rede duas vezes na vitória do Brasil por 3 a 2, neste domingo, no ginásio Huamark, em Bangcoc - Falcão completou o placar, com Torras e Aicardo fazendo os gols dos europeus. Pela sétima vez na história, o Brasil é campeão mundial de futsal, embora a Fifa só reconheça cinco destes títulos.

Dona de duas Copas do Mundo (2000 e 2004), a Espanha amargou o quarto vice-campeonato para o Brasil, em cinco decisões contra os arquirrivais. Além de 2012, o país ibérico foi derrotado pelo Brasil nas decisões de 1985 (competição organizada pela extinta Fifusa), 1996 e 2008.

Globo.com
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.