12 outubro 2012

Incêndio de Farias Brito passou para Assaré - Por Eldinho Pereira da Silva*



A chama que destruía o sopé da serra do Quincuncá dividiu-se em duas e uma delas causa prejuízo no município de Assaré
 
Por volta do dia 20 de setembro, iniciou-se um incêndio de grande proporção na serra do Quincuncá em Farias Brito. Dentre os habitantes do município, quem pediu socorro pelos meios virtuais foi o pároco do lugar, padre Adalmiran Vasconcelos. A maioria da população fariasbritense estava envolvida em uma festa de vaquejada e nas tais eleições locais.

No final desse mês, foi noticiado no site DN Cariri e também no blog do Crato, que a chama já chegara ao município de Várzea Alegre. Dias depois, a notícia foi reafirmada pelo jornal do Cariri. Apesar da quietude atual, sabe-se que outra vertente do fogo subiu a serra e entrou no município de Assaré. Na noite de ontem, dia 10 de outubro, alguns proprietários da serra da Praia, mesmo sem recursos adequados, tentaram conter o fogo por conta própria. Até porque, esse avançava pelo mato ressecado em direção à estrada das Cajazeiras do Simeão.

O problema é que a cidade de Assaré fica a mais de trinta quilômetros de distância e Altaneira ainda não se manifestou sobre isso. Se a neblina não ajudou aos camponeses o suficiente, as perdas ambientais seguirão pelos próximos dias. E como indagou Willian Brito, cadê os municípios? Além das justificativas, o que mais foi feito até agora?

*Professor-pesquisador.
Foto: Adalmiran Vasconcelos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.