15 setembro 2012

NUMERO DE VEICULOS CIRCULANTES NO CARIRI JÁ SUPERA CAPACIDADE DA TRAFEGABILIDADE URBANA


Cariri vende 30 veículos por dia!

Estima-se que a media diária de venda de veículos automotores no Cariri é de 30 unidades, sendo 12 automóveis e 18 motos e motonetas. Segundo dados do Departamento Nacional de Transito ( DENATRAN ), só em Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, até julho de 2012, o numero chegou a 121 mil 418 veículos licenciados e em circulação, sem contar com os que vêm de outras cidades dos estados vizinhos para visitação ao comercio e turismo da região. É impressionante o crescimento diário da frota nas três principais cidades caririenses. Ainda segundo o DENATRAN, no município do Crato, em fevereiro de 2012 a frota municipal era de 32 mil 347 unidades circulantes e no ultimo mês de julho esse numero subiu para 33 mil 504. Um aumento de um mil 157 veículos, 3,5 % em apenas seis meses. No mesmo período em Juazeiro do Norte a frota foi acrescida em 4,8 %, passando de 73 mil 202 em fevereiro deste ano para 76 mil 885 carros, motos e motonetas até o ultimo mês de julho. Um adicional de 3 mil 683 unidades. Entre fevereiro a julho de 2012, a frota de veículos automotores que mais cresceu no CRAJUBAR foi a de Barbalha, 5,3 %, passando de 10 mil 940 unidades no inicio do ano para 11 mil 549 até o sétimo mês de 2012. Segundo o Departamento Nacional de Transito, nos primeiros seis meses de 2012, a frota de veículos automotores no triangulo CRAJUBAR aumentou 4,5 %, o equivalente a quase 200 novas unidades/dia.

O numero de veículos atualmente em circulação no Cariri está muito acima da capacidade de trafegabilidade das estradas, ruas e avenidas da região. Mas ainda é a falta de educação do motorista, a responsável pelos expressivos índices de acidentes no transito, segundo afirmou a instrutora do SEST/SENAT e do Departamento Municipal de Transito de Juazeiro do Norte, Gislayne Ronize Ribeiro que tem pesquisa sobre o assunto. Para ela, é possível mudar a cultura regional de desobediência a legislação de transito com a intensificação da fiscalização associada ao engajamento dos diversos segmentos da sociedade no processo educacional dos condutores. Sobre as condições de trafego das ruas e avenidas nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, ela disse que ainda não são dotadas de uma sinalização ideal, embora já se observe avanços na mudança desse perfil. Acredita que os poderes públicos responsáveis em manter as vias em perfeitas condições de trafegabilidade, terão que esboçar muitos esforços para adequá-las ao expressivo crescimento da frota  regional.

Para o diretor do Departamento Municipal de Transito do Crato, Francisco Praxedes dos Santos, o cidadão muito se preocupa em adquirir o veiculo e não em aprender e obedecer a legislação de transito. O resultado dessa negligencia está nos Centros Ortopédicos da Região, sempre cheios de vitimas de acidentes, principalmente com motos, disse Praxedes. Nas três principais cidades do Cariri é comum encontrar pessoas mutiladas, como é o caso do jovem Francisco Lima Mendes de 19 anos, residente no Bairro do Seminário no Crato que perdeu uma das pernas ao se acidentar com sua moto no Bairro Batateira. O comerciante Aloísio de Aquino Moreira de 40 anos, residente na casa 34 da Avenida J. Alves de Figueiredo fraturou as duas pernas quando capotou varias vezes com sua moto e já gastou 25 mil reais em cirurgias para evitar a amputação dos dois membros.

Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter
Colaborador do Blog do Crato e Chapada do Araripe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.