30 setembro 2012

A luz da esperança - Por: Emerson Monteiro



Há dias em que o poder das boas mensagens manifesta a necessidade extrema de importância que elas possuem a fim de continuarmos durante a jornada pela vida. Certa vez, um amigo me contou a respeito do desespero que tomara conta de empresário seu conhecido vivendo séria crise existencial na rotina dos dias. Atingira o auge das dificuldades, o que parecia superar a capacidade para levar adiante os negócios e a família. Naquele transe, recorreria ao suicídio.

Afastara-se a lugar ermo e realizava os derradeiros preparativos da ação desatinada e, nisso, observou, vindo de longe, voando no vento, folha solta de papel. A folha vinha chegando, chegando, e lhe engancharia numa das pernas. 

Indiferente, frio, o homem segurou a página solta, pedaço de livro qualquer, e no fastio que amargurava ainda quis ler as frases que ali continha.

Era texto positivo, de orientação espiritual, de mais ânimo para que cruzasse os percalços da existência, proposital ao que atravessava naquele instante. Alimentava a esperança em dias melhores, que, do jeito que antes vieram, viriam também, no transcorrer das horas do futuro. Nutria sentimentos bons de alegria, firmeza na fé, nos segredos universais, nas bênçãos que nascem dos acontecimentos felizes. 

Mais calmo, foi lendo as frases. Durante algum tempo realizou, inteira, a leitura que continha a página, qual endereçada a ele mesmo. Nisso, a luz da esperança clareou suas entranhas, e ele recobrou o gosto de prosseguir sem demora nos novos pensamentos que lhe nortearam.

Passada a tempestade, poria em ordem as atividades profissionais, superando fase ruim, presenciando o potencial desconhecido de forças que trazia consigo. 

Quantas e tantas histórias semelhantes... Pessoas abatidas no desânimo sentem a presença das vozes interiores que erguem os passos, na perspectiva da verdadeira dos meios de transformação, estabelecendo padrões de construir vidas renovadas.

Bem neste ponto reside a positividade. Olhar o mundo e querer alimentar no sentimento a grandeza do Infinito carinho de Deus. Abrir o coração aos valores absolutos e férteis da mãe Natureza; aos desígnios da verdadeira convicção nas filosofias e possibilidades inimagináveis do Amor. 

Eis, com isso, a boa semente de que fala Jesus, vida e mensagem que legou à Humanidade. Saber que somos destinados à suprema felicidade, nos destinos da Perfeição, desde que saibamos desfrutar do poder da Esperança e dos frutos que produz, nos íntimos de nós próprios. Lição simples, porém ao nível dos que quiserem exercitá-la a todo o momento.

Por: Emerson Monteiro
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.