30 agosto 2012

CRONIQUETA - POR ANTONIO MORAIS

Houve época, não muito distante,  que os políticos eram  como  óleo e agua: não se misturavam. Nos tempos da Modebra e Arena não existiam  acordos e negociatas como  hoje em dia. Temos atualmente, 40 partidos de alugueis, um verdadeiro samba do crioulo doido. Cada qual  tirando o máximo que  pode de quem esteja no puder, seja ele quem for.

"Nos tempos da Modebra e Arena, aquilo sim era politica partidária definida pelos princípios e coerências. Mas, numa época qualquer da  década de 60 do seculo passado  os lideres dos dois partidos fizeram um acordo em que cada um perdia  um pouco e todos saiam ganhando ao fim. Pra celebrar a união dos partidos o prefeito,  convidou o governador do Estado para a cerimonia de inauguração de uma lavanderia publica batizada com o nome da primeira dama do Estado.

Para contemplar as partes ficou acertado que o prefeito ficaria  na mesa principal com o governador e o principal líder da oposição  faria a saudação oficial.

O mestre de cerimonia  fez a composição da mesa e passou a palavra para o antigo opositor, hoje, aliado de ultima hora. Depois de saudar o governador e comitiva o homem  endoidou: Senhor Governador, nosso município está entregue as baratas, não tem estradas, não tem escolas, o pagamento dos funcionários está um ano atrasado, ninguém sabe o que é feito do dinheiro, o prefeito  está amancebado com a mulher do encarregado da limpeza publica, a primeira Dama, por sua vez, em represaria,  se ajuntou com um sapatão pra Zuar com o marido. 

Nesta hora o prefeito  não  aguentando mais  a chateação disse no ouvido do governador:  Seu governador, coma sua jantinha ligeiro pra ela não resfriar,  num acredite  no que esse besta está  falando não. "Pregunte" pra ele o que ele fez com o dinheiro da agua quando ele era prefeito? Porque ele botou pra correr da cidade um filho baitola que ele tem. 

Terminada a festa a coligação estava desfeita. Aquilo sim é que era politica e políticos coerentes e cheios de ranso, diferente do conluio  que se ver de riba a baixo nos dias atuais".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.