10 agosto 2012

Comparar Serra a Hitler foi inadequado, admite Haddad


Prefeiturável é comparado a Hitler em material no site do candidato do PT

Um vídeo que compara José Serra, candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, ao ditador Adolf Hitler, veiculado nesta quarta-feira (8) no site da campanha de Fernando Haddad (PT) gerou a demissão de um funcionário da equipe petista. O conteúdo, que foi um dos destaques do portal, já foi retirado do ar.

Com o título "E Agora José?", o material é de autoria do MC Mamuti. Em um dos trechos mais polêmicos do clipe, o prefeiturável é comparado visualmente a Adolf Hitler, ex-ditador da Alemanha. O personagem fictício Sr. Burns, do desenho Os Simpsons, também é comparado ao político. Em resposta, a assessoria de Serra disse que não vai entrar neste tipo de "baixaria", e que durante o dia irá estudar se acionará judicialmente o responsávelpelo vídeo e a campanha do petista. A equipe também ressalta que pretende realizar propostas para evitar este foco durante a campanha.

Segundo a assessoria de Haddad, o vídeo foi veiculado sem a autorização da coordenação da campanha do petista.

O vídeo seria uma resposta do músico a uma nota publicada no site de José Serra que relata que o rap ganhou espaço no CCJ (Centro Cultural da Juventude) durante a gestão do tucano em São Paulo. Mamuti critica Serra por usar o rap como uma das bandeiras de sua campanha quando ele não teria incentivado a modalidade musical enquanto prefeito ou governador. Em determinado trecho do vídeo, o rapper Mamuti chega a mostrar o dedo do meio ao citar o candidato. Frases polêmicas também fazem parte do conteúdo.

- Cê tem nojo do nosso povo, num finge que não/Fácil querer ser bom moço perto da eleição/Duas caras, deve achar que a gente é otário.

Fonte: R7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.