27 julho 2012

Homem comemora morte de PM no Facebook e é preso


Um homem, identificado apenas como Eduardo, foi preso ontem por ter feito comentários comemorando a morte da policial Fabiana de Souza em seu perfil no Facebook.

Registrado na rede social como "Dudu do Complexo", o homem, que segundo a polícia disse ser promoter, escreveu frases como "aqui se faz, aqui se paga" e referências à chegada do "bonde do trem bala". Segundo os PMs lotados na região do Complexo, o "bonde" seria uma ramificação do Comando Vermelho. Já policiais civis que investigam o caso dizem nunca ter ouvido falar do grupo. "Dudu do Complexo" é uma das 18 pessoas sob suspeita de envolvimento com o assassinato da policial. Na madrugada de quinta, policiais da Delegacia de Homicídios prenderam Regis Eduardo Batista, conhecido como RG.
 
Ele teria, segundo a polícia, participado do ataque à UPP. Sua foto foi divulgada na quarta-feira como um dos criminosos que teriam atirado contra a base da polícia. Ele seria do morro do Chapadão, em Costa Barros, zona norte do Rio. Batista tem 27 mandados de prisão por vários crimes, entre eles, homicídio, roubo e tráfico de drogas. O traficante foi preso em um posto de gasolina na zona norte da cidade, após seu advogado negociar sua rendição com a polícia. Ele também é apontado como integrante de uma quadrilha de ladrões de carros. A polícia realiza operações em favelas da cidade para tentar localizar os criminosos que atacaram a UPP. Na noite da última quarta, dois homens morreram após serem atingidos por um único disparo de fuzil de um policial da UPP do Andaraí, zona norte do Rio.
 
A polícia diz que são traficantes. A família nega.

O Complexo do Alemão foi ocupado por forças do Exército em novembro de 2010. Como preparação para a implantação das UPPs, policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) e da Tropa de Choque da PM também passaram o ocupar a comunidade em março deste ano. A instalação das primeiras UPPs do local, porém, ocorreram em abril. Já a retirada do Exército foi concluída há duas semanas. Uma pesquisa divulgada no início do mês apontou que apenas 49% dos policiais em UPPs se consideram adequadamente preparados para o trabalho. Segundo moradores do Complexo do Alemão, no domingo, policiais da UPP teriam agredido pessoas no interior da comunidade chegando a jogar spray de pimenta nos olhos de um morador.

Em fevereiro passado, a Nova Brasília foi o local do maior confronto entre traficantes e homens do Exército durante os 19 meses de ocupação. Durante duas horas, homens armados trocaram tiros de fuzis com os militares.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.