22 julho 2012

CRONIQUETA - POSTADO POR ANTONIO MORAIS

Volta os olhos para ti mesmo e guarda-te de julgar as ações alheias. Quem julga os outros trabalha em vão, erra o mais das vezes e facilmente peca; mas, examinando-se e julgando-se a si mesmo, trabalha sempre com proveito.
De ordinário, julgamos as coisas segundo a inclinação do nosso coração, pois o amor-próprio facilmente nos altera a retidão do juízo. Se Deus fora sempre o único objeto de nossos desejos, não nos pertubariamos tão depressa quando contrariam a nossa vontade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.