31 julho 2012

CRONIQUETA - POR ANTONIO MORAIS



O marco civilizatório e exemplar de um grande homem público. Era Outubro de 1972. Campanha para as eleições municipais. Pela legenda um Dr. Humberto Macário de Brito e pela legenda dois Professor Pedro Felício Cavalcante. Encerramento da campanha, ultimo comício na Praça da Sé. Vieirinha, diretor do Colégio Estadual Wilson Gonçalves liberou  o alunato do turno da noite para prestigiar o comício. Palanque armado em frente a igreja matriz de Nossa Senhora da Penha. Ao chegar vi Pedro Felício elegantemente vestido no seu tradicional terno, conversando com alguns amigos, dentre os quais José do Vale e Luiz de Borba Maranhão.
Dado momento, Chegou um dos netos bastante aflito dizendo: vovô, na praça tem um homem falando do senhor, que senhor não é digno de ser prefeito do Crato, que o senhor é desonesto, o senhor precisa ir lá se defender! Tomar uma satisfação! Seu Pedro, tomado por uma serenidade nunca vista igual, disse para o neto: meu filho, onde você estava brincando?  Na Praça Siqueira Campos respondeu o garoto. Então, vá brincar na  Praça São Vicente, disse Pedro Felício.
Naquela eleição seu Pedro se elegeu com bastante facilidade para o seu segundo mandato, e, a historia mostra um desempenho que enobrece a memoria sua e do Crato.

A letra que embalou a campanha, ao som da musica da marchinha "Maria Escandalosa":

O Crato já foi modelo
A todo mundo causava admiração
Seu Pedro, com muito zelo
Na prefeitura botou organização.

Mas, o Doutor lhe sucedeu
A renda desapareceu
Calsamento esburacado, SANDU fechado
Povo sem agua, meia duzia enriqueceu

Hoje, com Walter Peixoto
Seu Pedro, volta a chefia
E quando assumir o posto
Tome chave, na economia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.