27 julho 2012

Acusado de tentativa de roubo em Iguatu é condenado a mais de três anos


A juíza Maria José Sousa Rosado de Alencar condenou Anastaciano Gonçalves de Oliveira a três anos e dois meses de prisão. O homem é acusado de atacar dois jovens em Iguatu e tentativa de roubo de veículo das vítimas.

Segundo a ação penal [nº 27425-95.2011.8.06.0091/0], no dia 29 de agosto de 2011, F.S.S.O.F. e J.A.L.S.N. estavam dentro de um automóvel em frente a uma padaria na avenida Perimetral quando teriam sido surpreendidos com a chegada de um homem, que anunciou o roubo. Uma testemunha ouviu os pedidos de socorro das vítimas e chamou a Polícia. Dois policiais militares, que estavam em um evento próximo ao local da tentativa de roubo, prenderam o acusado.

O réu foi denunciado pelo Ministério Público do Ceará [MP-CE] por tentativa de roubo qualificado [mediante grave ameaça ou violência]. Anastaciano Gonçalves negou ter tentado praticar o roubo. Disse que apenas passava pelo local quando foi acusado do crime. Ao analisar o caso, juíza Maria José Sousa Rosado de Alencar, respondendo pela 2ª Vara da Comarca de Iguatu, condenou o réu a quatro anos de prisão. A pena foi aumentada em oito meses, pois o acusado é reincidente, mas reduzida em 18 meses pelo crime não ter sido consumado. A pena definitiva totalizou três anos e dois meses.
A magistrada determinou ainda que o acusado pague R$ 500,00, a título de danos morais, para cada uma das vítimas. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico dessa quarta-feira [25].

* Com informações do TJ-CE - Via Yuri Guedes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.