29 junho 2012

Uma batalha "contundente" -- Por: Pedro Esmealdo


Ano eleitoral, a cidade do Crato sofre de péssimas qualidades agras que causam temor entre todas as camadas populares. Agras que nos causam dissabores, já que em certo tempo para cá apareceram uns abutres que vêm solapar os nossos bens através da perfídia e da calúnia. Para isso devemos tomar cuidado com esses abutres maliciosos que sugam os nossos bens constantemente e ainda por cima querem arrastar do Crato todo prestígio que adquirimos com muita luta, sangue, suor e lágrimas.

É com muita tristeza que aqui estamos diante de uma massa que permanece disposta com cessação de ventos ou de movimentos vibratórios que façam, sofrer o abalo econômico desse município.

Nota-se um povo pacato sem nenhuma esperança de desenvolver dignamente ou esboçar movimento satisfatório que venha adiantar o progresso através da união e do trabalho firme. Dizem que para haver trabalho honesto é preciso que haja união e que venham adiantar empurrando o barco com tecnologia avançada, não esmorecendo, mas trazendo forças iguais porque o povo unido jamais será vencido.

Vejam a situação de outros municípios que se desenvolvem com muito trabalho e urdidura de um povo megalomaníaco que deixa por certo outros municípios atoleimados, sem esboçar nenhum movimento para gritar, reclamando dos outros municípios que também merecem um lugar ao sol.

Por isso estamos aqui alertando esse povo obreiro e calmo: não se deixe enganar pela massa inescrupulosa e invejosa que quer somente para si o progresso interiorano.
Agora queremos lembrar a essa massa que vive bajulando as autoridades, não sabemos por que motivo querem nos enganar com pequenas metas, dizendo que tudo nos dão, mas avisamos estrepitosamente, essas obras pequenas são minguadas para nós. Desta vez não vamos dormir em berço esplêndido, mas vamos lutar com gritos ensurdecedores, pedindo pelo amor de Deus que deixe o Crato em paz, não levem nada daqui, pois foi do Crato que surgiu o desenvolvimento de todo o Cariri e do centro Nordeste.

Repare que foi do Crato que surgiram os primeiros gritos pela independência, isto já foi aventado em várias crônicas anteriores, mas as autoridades faziam vista grossa e dão calado por resposta.
Olhem senhores, que o Crato está sendo castigado por essa massa que não nos permite subir com vantagens, mas anseiam em demorar as obras do Crato para não avantajar o seu progresso, mas isso temos por certeza que no Brasil tratam adversários como inimigos, mas isso queremos dizer: é necessário que haja adversários porque no regime democrático é relativo todo tratamento de pessoas como sendo cidadão de bem desde que lhe mostre o contrário.

Então cratenses, vamos à luta escolhendo candidatos capacitados para todos os cargos administrativos e legislativos. Lembramos bem de uma frase de Rui Barbosa: “O brasileiro, cidadão de bem, não é um eleitor cabresteiro, mas aquele acima do partido escolhe e elege o seu candidato.”
Cratenses, não se deixem enganar pela massa deturpadora e sonegadora do progresso. Vamos à luta, porque viver é lutar.

Texto: Pedro Esmeraldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.