26 junho 2012

PRÉ-CANDIDATOS NO CRATO APONTAM PERDAS E GANHOS SE A URCA FOR FEDERALIZADA


A federalização da Universidade Regional do Cariri tem sido objeto de discussão no meio acadêmico e dividido opiniões entre a sociedade do Crato. Indiscutivelmente o tema vai ser explorado pelos postulantes ao cargo de prefeito do município durante a campanha eleitoral. Sobre o assunto a reportagem ouviu os cinco pré candidatos ao executivo municipal cratense e descobriu que eles também têm opiniões divergentes. Cícero França PV é contra a idéia de federalizar a URCA e acha que a instituição é carente de mais investimentos públicos por parte do governo do Estado na aquisição de equipamentos suficientes para dar melhor condição ao professor ensinar e ao estudante aprender. O governo estadual, segundo Cícero França, deveria se preocupar em realizar concurso publico para professor efetivo e eliminar a figura do temporário. “Se federalizarmos a URCA podemos perdê-la a sua sede administrativa e ficarmos apenas com um mero campus, o que significaria um enorme prejuízo para a cidade do Crato”, concluiu o candidato.

Para o pré candidato do PMDB, Ronaldo Gomes de Matos a federalização da Universidade Regional do Cariri é um assunto que interessa bastante ao Crato, ao Cariri e em especial aos servidores da instituição, alunos e professores em nome da promoção do crescimento e do desenvolvimento do município cratense. Segundo Ronaldo a federalização vai atrair novos cursos e isto, conforme declarou, significaria uma nova vida para a comunidade acadêmica. Ronaldo Gomes de Matos deixou claro que: “ Isto só seria interessante para a URCA e para o Crato se a reitoria permanecesse no município e não figurasse na lista de perdas de órgãos públicos e empresas que o município tem. Portanto, sou a favor da federalização”, finalizou Ronaldo Gomes de Matos. Já o pré candidato Raimundo Bezerra Filho PPS vê o assunto com cautela e preocupação porem não descarte a importância que tem para o Cariri a existência de uma universidade federal. Conforme Raimundo “caso a URCA entre nessa, que entre sabendo que não haja impacto negativo na economia do município e que nós fiquemos com a reitoria”, concluiu Raimundo Filho.

O pré candidato Sineval Roque PSB declarou que a federalização da URCA ficaria bem já que alguns Estados não têm universidades estaduais e só federais. Para ele, a falta de investimentos no passado pelo governo federal no âmbito das universidades federais, obrigou os governos estaduais investirem na criação dessas instituições. A Universidade Regional do Cariri, segundo Roque, possui uma amplitude muito grande e afirmou: “Gostaria que os governos municipais dessem um grande apoio na busca de investimentos. Pra mim seria importante e acredito que para a maioria também”, finalizou Sineval Roque. Para o pré candidato do PT, Marcos Cunha, no momento, é muito grande a irresponsabilidade de quem é contra ou a favor da federalização da URCA por ausência de proposta. E disse “os governos estadual e federal ainda não demonstraram interesse na questão e não podemos nos posicionar sobre coisas abstratas. Precisamos de um termo para sabermos como e quando isto vai ser feito”, opinou Marcos Cunha. Sobre o assunto a reitora da URCA, Antonia Otonite Cortez declarou que a instituição nunca foi convidada pelo governo para pensar em federalização e que se um dia isto acontecer a sociedade será chamada a discutir a questão a partir de um termo a ser apresentado, concluiu.

Wilson Rodrigues e Ed Alencar
Radialistas e Jornalistas
Colaboradores do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.