06 março 2012

PREFEITURA MUNICIPAL DO CRATO - Nota de Esclarecimento acerca do Canal do Rio Grangeiro


O prefeito municipal do Crato, Samuel Vilar de Alencar Araripe, no uso de suas atribuições vem a público, por meio deste comunicado, esclarecer a população cratense e a quem possa interessar sobre as competências legais em face do processo que envolve as obras de reconstrução do Canal do Rio Grangeiro – importante rio situado às margens do Centro da cidade do Crato, que teve sua estrutura comprometida devido à enchente ocorrida no dia 28 de janeiro de 2011, após chuva torrencial que mediu 162 milímetros.

Um dos episódios mais drásticos que ficará registrado para sempre nas páginas da nossa história. Para que possamos entender melhor o desenrolar deste fatídico evento resolvemos aqui recapitular alguns acontecimentos. À época, depois de constatar os estragos ocasionados pela chuva o prefeito Samuel Araripe imediatamente decretou estado de emergência e remeteu ofício ao Ministério da Integração Nacional, comunicando a situação calamitosa em que se encontrava o município do Crato. Em viagem à Brasília, juntamente com o seu secretariado, o prefeito conseguiu por meio de projeto a liberação de um valor na ordem de R$ 4 milhões para sanar os prejuízos propagados pela chuva e no dia 18 de fevereiro de 2011 foi publicado no D.O.U a portaria nº. 107/ 11 autorizando a liberação do recurso, o valor chegou a ser depositado na conta do município, mas no dia seguinte, através da portaria nº. 109/11 o recurso foi revertido para a conta do Governo do Estado do Ceará. Desta feita, passando toda a responsabilidade para o Departamento de Edificações e Rodovias (DER), órgão da esfera estadual.

Na fase inicial para realizar a primeira etapa da obra foram licitados R$ 2,5 milhões pelo Governo do Estado, num certame vencido pela empresa Coral. Preocupado com o andamento das obras o prefeito solicitou a contratação do engenheiro especialista em recursos hídricos e consultor em engenharia hidráulica, Francisco Osny Enéias, para elaborar um documento que constasse de um estudo detalhado da real situação do Canal do Rio Grangeiro e da obra ali executada, apontando cada problema existente. O documento foi enviado pelo prefeito Samuel Araripe junto com um pedido de audiência ao governador do Estado para debater resoluções no tocante ao Canal. O oficio foi encaminhado em novembro do ano passado e no dia 29 do mesmo mês recebemos a resposta que dizia: “Inteirado do conteúdo da documentação, o governador Cid Gomes a enviou à Secretaria de Infraestrutura – SEINFRA, orientando no sentido de que a máxima atenção seja dada ao tema”, em relação ao pedido de audiência nada disse.

De acordo com alguns levantamentos já realizados na manhã desta segunda-feira, dia 05 de março de 2012, há informações que houve desmoronamento perto da igreja de Fátima, próximo ao Colégio Objetivo e ao Tiro de Guerra. Sabemos do temor que ora se abate sobre os munícipes cratenses e estamos solidários a todos, bem como empreendendo esforços no intuito de buscar solução imediata e não apenas medidas paliativas junto ao Governo do estado do Ceará, atual responsável pelas obras de reconstrução do Canal do Rio Grangeiro, a fim de sanar os estragos do canal. Continuaremos lutando para reverter esse quadro e somando esforços junto à população do Crato.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal do Crato
Publicado no Blog do Crato - www.blogdocrato.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.