15 março 2012

'Minha Casa, Minha Vida': apenas 792 unidades entregues no Ceará


O programa "Minha Casa, Minha Vida", do Governo Federal, entregou somente 792 imóveis em todo o Ceará desde a sua implantação, em 2009. A informação foi dada nesta quarta-feira (14) pelo superintendente nacional da Caixa Econômica Federal, Gilberto Ochi. O número representa menos de 2% da meta programada para a primeira fase da iniciativa.

O objetivo para o Estado é construir 51.644 unidades, mas o projeto ainda caminha a passos lentos no território cearense, mesmo com o aumento dos incentivos dos governos Federal e Estadual. Em 2012, nenhuma entrega foi feita até este mês.

De acordo com Ochi, a demora se deve às diversas instâncias as quais são submetidas as propostas, fruto da natureza legal dos procedimentos. "Um processo assim dura, em média, uns seis meses para passar por todos os trâmites até ser aprovado", afirma.

Sobre o andamento do "Minha Casa", o superintendente disse que, no momento, 9 mil projetos da faixa um, para pessoas com renda de até três salários mínimos, estão sendo analisados pela Caixa e mais 5 mil encontram-se em execução.

Adaptação

A Caixa Econômica enfrentou dificuldades por conta do crescimento do setor de Construção Civil e do aumento do poder aquisitivo da classe média. Os números de propostas cresceram e exigiram que a instituição financeira se adaptasse à nova realidade. "No começo, nós sentimos o baque, mas agora já estamos acostumados e aprendemos a lidar com a nova demanda", diz o superintendente da Caixa no Ceará, Odilon Pires Soares.

Agência Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.