29 fevereiro 2012

Notícias do Crato - 29/02/2012


Faltam recursos para avanços na pavimentação de ruas em Crato

No segundo semestre do ano passado a Prefeitura do Crato projetou para calçar com pedra tosca, 300 ruas na cidade e nos distritos. Desse total só foram possíveis até agora fazer a obra em apenas 10 artérias, por dificuldade na alocação de recursos, segundo o secretário de Infraestrutura do município, José Muniz. Explicou que o prefeito orçou projetos no valor de R$ 6 milhões para a área de pavimentação e foram aprovados pela Caixa Econômica Federal - CEV e conveniados junto ao Ministério do Turismo. Apesar disto só foram liberados 28 mil reais que deram apenas para calçar algumas ruas no Parque Grangeiro e Parque Recreio. A esperança, disse José Muniz, é que agora em março o restante da verba seja autorizada, mesmo porque os projetos já foram licitados.

O secretário disse, ainda, que as últimas informações vindas do Ministério do Turismo, em Brasília, é de que não existem recursos, até mesmo para o convênio assinado de R$ 600 mil com o município do Crato, para a cobertura de seis quadras esportivas, sendo três delas para os Bairros Pantanal, Vitória Nossa e Mutirão. “A obra já foi aprovada, licitada e autorizada pela Caixa Econômica, faltando tão somente a ordem do Ministério para honrar os pagamentos”, finalizou José Muniz.

Agricultura estima boa safra para 2012

Os produtores rurais do Cariri que plantaram seus roçados em dezembro passado e perderam a semente. Quem plantou em janeiro deste ano está dependendo das chuvas do próximo mês de março e ter assim garantida sua produção. No Crato, os agricultores plantaram nos dois meses, sendo que, em dezembro, o plantio foi bastante insignificante, mesmo porque choveu apenas 80 milímetros. Em janeiro o plantio foi maior, embora tenha chovido menos 72 milímetros, porém até 28 de fevereiro veio a recompensa e os pluviômetros do município registraram 226 milímetros. As informações foram do secretário de Agricultura do Crato, Francisco Erasmo Ferreira, na expectativa de uma boa safra agrícola este ano no município.

A Secretaria de Agricultura instalou 20 pluviômetros em diversos pontos estratégicos nos nove distritos do município. A secretaria também realizou aração de mais de mil tarefas de terra em parceria com o produtor de várias comunidades rurais. Informou também que o produtor rural do Crato está otimista quanto à quadra invernosa. 60% do milho já está plantado, feijão 70 % e o arroz aproximadamente 50 %..

Servidor municipal do Crato terá salários reajustados e pagos em março

Os vereadores do Crato aprovaram por unanimidade o reajuste salarial dos servidores, que varia entre 8 % a 22 %. O novo salário vai estar no bolso do servidor já no início de março, correspondente a folha de fevereiro que terá um impacto entre R$ 600 mil a R$ 1 milhão, passando de R$ 5,2 milhões para quase R$ 5,9 milhões, já incluindo os 360 novos servidores aprovados no último concurso e que já estão sendo chamados para ocuparem seus cargos tão logo o concurso seja homologado.

Para o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Junior Matos, o reajuste não foi o que sonhava a categoria, mas foi o resultado de uma discussão que durou mais de dois meses através de canais de negociação abertos pelo poder executivo municipal, que sempre esteve solicito aos anseios do servidor e da entidade representativa. Junior esclareceu que os reajustes vão possibilitar aos professores de nível um receberem agora o piso nacional da categoria, que é de R$ 1.450, 00 e as demais categorias terão receberão 12 % por cento de reajuste mais 8 % para aqueles que estão em sala de aula, perfazendo um total de 20 %. Para os demais servidores que percebem salário mínimo até R$ 700 reais em 2011 vão ter 14,14 % de reajuste salarial. Para os demais níveis superiores, isto é, profissionais da saúde, dentre eles médicos e psicólogos, terão 8 %.

Secretaria de Saúde do Crato participará da Semana de prevenção e combate a obesidade infantil

Devido ao expressivo número de crianças obesas no país, o Ministério da Saúde em parceria com as prefeituras municipais iniciarão a campanha de Combate a Obesidade Infantil. A iniciativa faz parte da primeira edição da Semana de Mobilização Saúde na Escola e irá atender mais de 2.200 municípios que participam do Programa Saúde na Escola, desenvolvido por equipes da Saúde da Família ligadas a Unidade Básica de Saúde. Estão previstas visitas a 50 mil escolas públicas incluindo cerca de 11 milhões de alunos com idade entre 5 a 19 anos.

Visando à aproximação da população com a Rede de Atenção Básica à Saúde, a Secretaria de Saúde do Crato realizará durante os dias 5, 6, 7, 8 e 9 de março em escolas da rede municipal, avaliação antropométrica, avaliação nutricional que possa identificar possíveis sinais de desnutrição ou obesidade e cadastro com perfil psicológico, bem como rodas de conversas, palestras e imunização.

De acordo com Suzamélia Brito, coordenadora do Programa de Saúde na Escola do município do Crato, ao longo dos meses de março e abril a prevenção da obesidade estará sendo feita em toda rede municipal juntamente com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF, com o apoio do projeto Adolescer com Saúde, composto por acadêmicos de enfermagem da URCA.

Canal do Rio Grangeiro em debate: famílias poderão ser retiradas de área de riscos

Os riscos de inundações do Canal do Rio Grangeiro voltam a ser tema de debates, durante reunião com integrantes da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militares do Ceará e sociedade civil. Uma avaliação do canal foi feita durante a semana com os integrantes da Defesa Civil e Técnicos. De acordo com os resultados, os moradores que estiverem correndo riscos serão transferidos para áreas mais seguras.

O debate sobre o Canal aconteceu na manhã de ontem, no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva, no intuito de abrir um diálogo entre os diferentes segmentos da sociedade. A ambientalista Tereza Pinheiro, que esteve representando a sociedade civil, disse que mesmo sendo um problema de tanta gravidade, a própria sociedade ainda não despertou para isso. Ela ressalta a pouca participação das pessoas na reunião e diz que até o momento, mesmo com tudo que já foi falado e reivindicado para a melhoria do canal, pouco se acredita que seja feito algo a curto prazo.

Tereza Pinheiro afirma que morava no leio do rio e também como técnica decidiu levantar a bandeira de luta pela recuperação do canal. Ressalta ainda que o que está em risco são vidas humanas e destaca o caráter de urgência para se resolver o problema do canal. “Mas se o problema já completou o ano e não foi resolvido, imagine agora com R$ 1,6 milhão”, argumenta. A ambientalista destaca a necessidade de se realizar um estudo técnico desde o nascedouro do Rio. “O canal não é só de concreto, existem os afluentes e matas que têm de ser recuperadas ao longo do leito do rio, para ter continuidade a um trabalho extensivo e preventivo ao longo do Crato”, completa..

Para o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Helcio Queiroz, nesse momento a intenção é prestar contas das ações que foram desenvolvidas. Ele destaca a visita técnica que foi feita, nesta segunda-feira, para delimitar um plano de ação, juntamente com um engenheiro de Defesa Civil, para avaliar o estado do que já foi feito, como do que ainda tem por fazer. Além disso, conversar com a comunidade, além de prestar contas. De forma simultânea será feito um relatório.

Uma das preocupações, após a visita, é que foram detectados pontos que podem ter um processo erosivo mais intenso, a ponto de atingir algumas residências. “Temos a obrigação de garantir a vida das pessoas”, diz ele. Nesse sentido, já há um plano com o Corpo de Bombeiros, que será reestruturado para dar uma resposta mais adequada, como uma remoção dessa população, caso haja um alerta de uma possível chuva com índice mais elevado, e pensar na possibilidade de tirar as pessoas de suas casas, se for o caso. O relatório deverá ser finalizado até o final desta semana, para conhecimento da Secretaria de Segurança, Comando do Corpo de Bombeiros e Governo do Estado.

A reunião contou com a presença do prefeito do Crato e secretários de Infraestrutura e Meio Ambiente, onde foram esclarecidas diversas questões relacionadas ao compromisso da administração com o projeto, dentro da proposta assumida pelo Governo do Estado, por meio de verba do Governo Federal.

CONTATOS:

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA MUNICIPAL DO CRATO
Fone: 88 3521 7069
www.crato.ce.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.