13 fevereiro 2012

Motoristas de racha batem em Kombi e matam feirante em São Paulo


O feirante Luiz Simplício Filho dirigia uma Kombi durante a madrugada do dia 28 de janeiro. As câmeras de segurança gravaram a cena do acidente. Primeiro, a Kombi é atingida por um veículo prata que estava na contramão quando fazia uma conversão à esquerda.

Logo em seguida, um carro branco que vinha logo atrás também bate na Kombi. O carro se partiu em três, peças ficaram espalhadas pela rua. O feirante morreu. Os dois motoristas saíram ilesos e estão sob suspeita de promover um racha. Ambos negam o crime e respondem o processo em liberdade.

Veja o comentário de Rachel Sheherazade:

Uma testemunha diz que viu os motoristas bebendo antes do racha. As câmeras de segurança dão a noção da velocidade em que eles estavam, e, com certeza, passavam - e muito - dos 100km/h, o que é incompatível para uma via urbana.

O carro da vítima foi estraçalhado - dividido em três partes - tamanha foi a força do impacto! Os indícios são claros, mas mesmo que sejam incontestáveis, para os causadores do acidente, não haverá punição de verdade. Por que a Justiça entende que os "assassinos na direção" não têm intenção de matar. No máximo, serão obrigados a doar cestas básicas. É o que vale a vida de um feirante. E a sua vida? Quanto custa?

Veja o vídeo aqui:

http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/?c=16044&t=Motoristas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.