22 janeiro 2012

Morosidade da Justiça - 3 Anos depois, assassinato do advogado Barbalhense Djalma Bem, continua na impunidade.



Crato. Há quase 3 anos ( março de 2009 ), um crime chocou a sociedade caririense. O renomado advogado Dr. Djalma Bem, 68, Barbalhense, era assassinado no bairro Vilalta, em Crato. Ele havia apresentado no Fórum do Crato Anderson Ferreira Maciel, o "Andinho", 21, acusado de homicídio, quando foi surpreendido por 3 pessoas na casa do seu cliente. Os homicidas queriam matar o "Andinho" e acabaram matando o seu pai, Antonio Ferreira Maciel de 48 anos que conversava com o advogado.

Segundo um artigo publicado na época, um dos acusados pelo duplo homicídio é conhecido por "Negão do Veneno" que fugiu de moto com seus comparsas em direção a cidade de Juazeiro do Norte. Segundo apurou a polícia, o crime trata-se de vingança. No domingo, dia 8 de Março, "Andinho" foi acusado de assassinar Claudio Pereira Soté, sobrinho do "Negão do Veneno". Durante toda semana que passou um os acusados do duplo montaram campana na rua onde "Andinho" mora, esperando que ele saísse de casa. Os vizinhos afirmaram que duas pessoas numa moto eram vistas constantemente fazendo "ronda" no bairro. No dia anterior ao assassinato, acompanhado do advogado Djalma Bem, "Andinho" foi apresentado a justiça, depois que livrou o flagrante.

O advogado Djalma Cavalcante Bem foi socorrido pelos Bombeiros ainda com vida para o hospital São Raimundo, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. Policiais de Crato e Juazeiro do Norte fizeram um cerco na zona rural dos dois municípios, por onde o trio fugiu em duas motos, mas, como começou a escurecer, não tiveram êxito. O major Paulo Herman Macedo comandou pessoalmente as buscas e procura identificar as outras duas pessoas que estavam em companhia do "Negão do Veneno".

Segundo informações, o processo contra os assassinos encontra-se completamente esquecido da justiça, e a família não possui ainda um auxiliar de acusação. A família também busca um bom advogado que possa assumir esta causa e aqui entra o nosso pedido aos leitores:

Esperamos que pela abrangência das postagens do Blog do Crato, Portal Chapada do Araripe ( www.chapadadoararipe.com ) e os mais de 50 Blogs que fazem parte da Rede Blogs do Ceará e sites amigos, algum dos muitos advogados que são leitores destes espaços, possam se interessar pelo caso, dentre eles, por exemplo, Dr. Aglézio de Brito, Dr. Heládio, Carlos Alberto ( Carlão ) e outros. Todo o pessoal da OAB, sob a presidência do Dr. Fabrício está convidada também. A justiça precisa ser feita, meus amigos! Não vamos deixar que a memória deste grande advogado, Dr. Djalma caia no esquecimento. Neste ano, procuraremos lembrar à justiça Brasileira acerca de crimes que aconteceram e que até hoje os culpados não foram punidos. E há dezenas deles para citarmos.

Os que perpetraram atos contra as famílias honradas da sociedade caririense não pode continuar por aí, soltos na maior das impunidades. Se queremos um país justo para os nossos filhos e netos, devemos começar dando o exemplo de justiça, do dever cumprido, e da solidariedade a todos os inocentes que perderam a sua vida em atos cruéis e bárbaros dessa natureza.

Esperamos que a morte do Dr. Djalma Bem não tenha sido em vão e que não fique na impunidade. Que os poderes constituídos do Cariri saibam honrar a farda que vestem e o cargo que ocupam.

Por: Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com
Há 7 Anos, o Crato na Internet


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.