28 dezembro 2011

Mesmo como 6ª economia, Brasil continua pobre, diz economista -Postado por J.Tavares.


O Brasil continuará sendo um país pobre, mesmo com a previsão de que a sua economia vai ultrapassar a britânica como 6ª maior do mundo, segundo o economista Joerg Mayer, da Divisão de Globalização e Desenvolvimento Estratégico da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (UNCTAD, sigla em inglês).

“O país ganha um pouco de prestígio, mas, como a população brasileira é muito numerosa, a renda média é muito mais baixa”, disse o economista. “Mesmo como sexta economia mundial, o Brasil continua pobre”, afirmou. Agnès Bénassy-Quéré, diretora do Centro de Pesquisas Prospectivas e de Informações Internacionais, em Paris, também relativiza as projeções divulgadas nesta semana. “É preciso muita precaução”, disse a economista.

“O Brasil apresenta um crescimento fulgurante, pois os cálculos são feitos em dólar, que tem se desvalorizado nos últimos anos. Não é possível dizer que esses números são definitivos”, afirmou a economista. Para Bénassy-Quéré, o excesso de valor do real é o fator principal para a economia brasileira ultrapassar a da Grã-Bretanha. “A moeda brasileira valorizou-se muito nos últimos anos, enquanto a libra esterlina sofreu uma forte desvalorização. Isso faz uma diferença enorme.” Assim como o representante da UNCTAD, a economista francesa acredita que o cálculo mais realista para mostrar a situação da economia brasileira atualmente deveria basear-se no PIB per capita.

“O PIB per capita do Brasil representa apenas 25% do americano”, diz Bénassy-Quéré. “Nas projeções que fizemos, em 2050 o PIB per capita brasileiro alcançará apenas 45% do nível registrado nos EUA.”

fonte: (BBC Brasil)

5 comentários:

  1. Olhaí o Tavares!

    Gostei de ver, meu amigo, como a garotada diz "mandou legal...", colocou até o Banner da Aço Cariri, nosso grande patrocinador do Blog do Crato.

    Sobre a matéria, eu acho muito verdadeira e pertinente. Aliás, é estranho nós sermos a sexta economnia do mundo, superior ao Reino Unido e faltar tanta educação, Saúde, Segurança, Cultura...

    Eu gostaria que o Brasil tivesse tanta educação quanto o Reino Unido, mas será que isso é pedir muito ?

    O enfoque está todo na "Economia". É semelhante a dizer que o Juazeiro do Norte é a maior cidade economicamente falando do interior do Nordeste, mas talvez uma das mais sujas, sem infra-estrutura, com falta de saúde, educação...é apenas um grande mercado de vendas.

    E de que adianta isso ?
    De que adianta tanto progresso econômico, ou como os tigres asiáticos, tanta tecnologia, se falta o BÁSICO de um País ?

    Eu trocaria tudo por Educação do Povo.

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela matéria.
    Infelizmente ainda tem gente que acredita que a conquista do 6º lugar se deve às ações do Governo Federal.
    Ledo engano.
    Foi a crise do Euro que levou a França a perder o posto.
    Enquanto isso o Brsil continua no 84} do IDH--Índice de Desenvolvimeno Humano, calculado pela ONU...

    ResponderExcluir
  3. Caríssimos Dihelson e Armando,

    Infelizmente é uma realidade. O País ganhou prestígio por se tornar a 6ª economia mundial, todavia a população, em sua maioria, permanece pobre em vários sentidos.

    Abraços.

    Tavares - Fortaleza-CE.

    ResponderExcluir
  4. Caríssimos Dihelson e Armando,

    Infelizmente é uma realidade. O País ganhou prestígio por se tornar a 6ª economia mundial, todavia a população, em sua maioria, permanece pobre em vários sentidos.

    Abraços.

    Tavares - Fortaleza-CE.

    ResponderExcluir
  5. Meu amigo Tavares, duas coisas que não podem andar juntas: Explosão populacional e Miséria.

    Na minha opinião, os governos do Brasil há muito tempo já deveriam ter começado um controle populacional, principalmente das camadas mais baixas da sociedade.

    Os que tem mais consciência sabem que não devem ter muitos filhos, que é caro manter um filho oferecendo tudo de bom que ele precisa, educação, saúde, etc.

    Pobre miserável e burro não está nem aí, tem 10 filhos, tudo doente, passando mal, não se importam de jogar os filhos no mundo, e pra onde vai todo esse povo?

    Ser assaltante, ser bandido, roubar, Matar...

    Porque não tiveram acesso à educação, ao trabalho digno. Ora, se tá difícil para os viventes conseguir essas coisas, imagine trazendo mais gente para esse mundo aqui.

    Acho que um controle populacional e um investimento prioritário em Educação geral para a família seria a coisa mais importante para o país.

    Abraço,

    DM

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.