03 dezembro 2011

ECONOMISTAS OTIMISTAS COM O SETOR PRODUTIVO DO CARIRI E AUMENTO DO PODER AQUISITIVO DA POPULAÇÃO


Os investimentos públicos e privados, implantação de projetos de médio, pequeno e grande portes nas áreas industrial, comercial, turismo, construção civil, educação e saúde, têm dado nova dimensionalidade a economia do Cariri nos últimos 5 anos. Empresários e lojistas da região reconhecem este favoritismo e prevêem um futuro bastante promissor para os 32 municípios que formam a Região Metropolitana do Cariri e em especial para aqueles próximos ao triangulo Crato, Juazeiro e Barbalha. A ascensão econômica, e o aumento do poder aquisitivo, aliados as melhorias na qualidade de vida da população, têm feito do Cariri uma região diferenciada em comparação as demais regiões do Estado do Ceará. Para a economista, socióloga e professora da Universidade Federal de Pernambuco, Tânia Bacelar de Araujo, o crescimento do Cariri não é apenas endógeno e sim, motivado por fatores externos como a atual política econômica que beneficia a geração de renda a todas as classes trabalhadoras.

Tânia Bacelar foi uma das palestrantes do I Colóquio Sociedade, Políticas Publicas, Cultural e Desenvolvimento e XII Semana de Economia da Universidade Regional do Cariri. A palestrante disse que a economia do Cariri tem as mesmas características do cenário econômico nacional e em especial do Nordeste, com suas limitações e potencialidades. Para o professor de economia da URCA, José Marcio, é louvável o que hoje está acontecendo no sistema produtivo do Cariri, porem é necessário discutir idéias de como podemos conceder um desenvolvimento de forma sustentável e equilibrada. Em sua opinião, a economia de um País ou de uma região não pode contemplar somente uma classe privilegiada. Ela só é salutar quando passa a promover o crescimento também do pequeno produtor, promovendo a expansão dos negócios e conseqüentemente, a abertura de postos de trabalho. No Brasil está acontecendo isto e o Cariri vem se aproveitando desse efeito de propagação que a economia nacional está apresentando, disse Marcio.

O professor José Marcio aponta a Construção Civil como um dos setores de maior avanço de empregabilidade no Cariri. Avalia também que o aumento do consumo por parte das classes mais populares vem proporcionando o crescimento do comercio na região com reflexos na indústria. A prova disto, disse ele, é a instalação das redes atacadistas e varejistas no Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, sendo muitas delas de grupos europeus que descobriram o potencial regional. Para o professor, o Cariri, dentro dos próximos 5 anos, tem projeção maior de crescimento sem impactos negativos, concluiu.

Por: Wilson Rodrigues
Repórter e Colaborador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.