21 novembro 2011

Estudante é atingida por tiro acidental disparado dentro de sala de aula em Fortaleza


Uma estudante de 14 anos foi atingida por um tiro disparado acidentalmente por um colega de escola, no bairro João Paulo II, em Fortaleza. A ação aconteceu na manhã desta segunda-feira, 21, dentro de uma sala de aula da escola estadual Aloísio Barros Leal.

Segundo a titular da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), Iolanda Fonseca de Paula, o estudante J.H.G.S, de 16 anos, levou à escola um revólver calibre 22 com a intenção de “intimidar” um colega de sala com quem havia discutido. Ao manusear a arma, o revólver acabou disparando acidentalmente e atingiu uma outra colega de sala.

Inicialmente, alunos e professores achavam que o estrondo ouvido pelos estudantes havia sido provocado por uma bombinha. Depois de inspecionarem a mochila do aluno acusado de efetuar o disparo, foi encontrado o revólver com o garoto. “Ele disse que a arma disparou quando ele tentava esconder na roupa. A cápsula bateu no chão, se resvalou, e um estilhaço atingiu a orelha da colega”, descreveu a delegada, em conversa com O POVO Online.

A adolescente atingida foi socorrida e encaminhada ao hospital Frotinha de Messejana, onde passou por procedimento cirúrgico e já recebeu alta médica. Já o garoto acusado de efetuar o disparo foi encaminhado à DCA e deverá ser levado a uma Unidade de Recepção, onde vai responder por posse de arma e lesão corporal.

Ainda segundo a titular da delegacia, coordenadores da escola relataram que J.H.G.S é considerado um bom aluno, e que nunca havia ido armado à escola. “Em depoimento, ele contou que a arma era de um colega que morreu e deixou o revólver para ele”, disse a delegada Iolanda.

Fonte: O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.