19 novembro 2011

Alguém ainda se lembra? Hoje é o Dia da Bandeira – por Armando Lopes Rafael

Comemoramos neste  19 de novembro o Dia da Bandeira. A data foi oficializada  por meio do decreto lei número 4, em homenagem ao símbolo máximo da Pátria, consoante o artigo 13, parágrafo 19, da Constituição brasileira. A Bandeira Nacional é símbolo inalterável, de acordo com o artigo 1º, I, da Lei nº 5.700, de 1º de dezembro de 1971, acrescida das modificações introduzidas pela Lei nº 8.421 de 11 de maio de 1992.

Muito bonita a atual bandeira do Brasil!
O que poucos sabem é que, após o golpe militar de 15 de novembro de 1889, que instaurou a República foi criada uma nova bandeira para os "Estados Unidos do  Brasil" (este o  nome oficial da República,que vigorou até 1967. Naquela ano, por decisão do então presidente, Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco o nome do país foi mudado para República Federativa do Brasil). Voltemos à primeira bandeira da República. Ela se constituía numa imitação barata da norte-americana. Era composta de listas horizontais verdes e amarelas, e um quadrado azul – na parte esquerda de cima – com estrelas brancas a representar os Estados, antigas Províncias. (veja ao lado, à direita,  a primeira bandeira republicana que só durou 4 dias, de 15 a 19 de novembro de 1889).


A população carioca reagiu de maneira tão negativa à primeira bandeira republicana,  que as novas autoridades republicanas, após quatro dias, voltaram atrás. Resolveram manter a bandeira do Império do Brasil, substituindo apenas o belíssimo escudo imperial por uma esfera azul, cortada ao meio por um faixa branca,  com a frase positivista Ordem e Progresso, na cor verde.
Quanto à bandeira do Império,  ela  foi criada por inspiração do Imperador Dom Pedro I. Este escolheu o verde (cor da Casa Real dos Bragança) e o amarelo (cor da Casa dos Habsburgo, da Imperatriz Leopoldina). Coube ao pintor Debret fazer o desenho da bela bandeira verde-ouro, que continua a ser, na verdade,  o nosso maior símbolo pátrio, apesar das modificações republicanas, acima citadas. (veja ao lado, à esquerda, a Bandeira do Império )

Existem  regras oficiais para a bandeira nacional. Por exemplo:  quando o tecido  fica velho, ou quando o pavilhão está rasgado, deve ser imediatamente substituída por uma bandeira nova. Quando várias bandeiras são hasteadas,  a brasileira deve ser a primeira a chegar ao topo do mastro e a última a descer. O hasteamento deve ser feito às 8 horas e o arreamento às 18 horas, por causa da claridade do dia. Somente no dia 19 de novembro, dia da Bandeira, há um horário determinado para o hasteamento: é  às 12 horas.

Mas será que as novas gerações têm interesse em saber disso?
                                                                                                                     

2 comentários:

  1. Pois é, Armando,

    Que país é esse que se acabou o patriotismo ? Eu diria que é or ignorância mesmo. Muitas pessoas não têm a menor idéia de que dia seja hoje.

    "Esse é um País que vai pra frente..."

    Abraço,

    DM

    ResponderExcluir
  2. A nossa bandeira, ao lado do nosso hino são o de mais bonitos do mundo!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.