15 julho 2011

A volta do Mensalão? – postado por Armando Lopes Rafael



A matéria abaixo foi divulgada na Coluna de Claudio Humberto, publicada nos principais jornais de várias cidades brasileiras, nesta sexta-feira, dia 15:


“Retomada do mensalão fez Dilma encarar o PR

A presidenta Dilma decidiu encarar a cúpula do Partido da República, afastando-a do comando do Ministério dos Transportes, não por meras “suspeitas”, mas após ser informada, por órgãos de inteligência, de que o PR teria implantado um novo mensalão, com distribuição de dinheiro vivo para parlamentares. A informação foi confirmada por fonte ligada ao Palácio do Planalto. O caso deve ser remetido à Polícia Federal. Ao tomar conhecimento do esquema, Dilma mandou afastar Mauro Barbosa e Luiz Tito, ex-assessores do ministro, e Luiz Pagot, do DNIT. A denúncia a ser investigada é que mais de trinta deputados do PR e outros dez de partidos menores estariam na folha do novo “mensalão”. Valdemar Costa Neto (SP), “dono” do PR, é réu do STF no mensalão do era Lula, e está sujeito a mais de um século de prisão”.

3 comentários:

  1. -- 1 --
    Para não dizerem que não reconheço nenhum mérito nos (des)governos do ex-presidente Lula – o criador do “Mensalão” – aí vão dois:
    1 – Lula teve o mérito de desmoralizar o que se concebia como a tão decantada “ESQUERDA”. Antes da “era Lula” a “Esquerda” apresentava seus adeptos como verdadeiros “arautos da ética e da moralidade”; a “Esquerda” se declarava contra a corrupção, a favor da transparência, etc. As ações do governo Lula provaram exatamente o contrário! Hoje a esquerda é tão desmoralizada que só tem público cativo nas universidades públicas brasileiras;
    (Desde o ministro Orlando Silva --do PCdoB--, passando pelos parlamentares e ministros do Partido dos Trabalhadores–PT, o que se viu (durante a Era Lula) foram denúncias de corrupção (todas comprovadas). Foi o mais desbragado e impudico movimento de roubo ao erário público e até então desconhecido na era republicana;
    2 – Também reconheço no ex-presidente Lula outro mérito: o de ter mantido a excelente política econômico-financeira deixada por FHC, que teve continuidade nos dois governos de Lula.O ex-presidente não colocou em prática as idéias arcaicas do PT, preferindo ficar com as do governo anterior.
    E só!

    ResponderExcluir
  2. -- 2 --
    E o que foi o (des)governo Lula?
    Lula dizia que não sabia de nada o que ocorria nos gabinetes ao lado. O que vimos na Casa Civil (Administrações de José Dirceu e Erenice Guerra) foi o “mensalão” e a farra nas propinas.
    E mesmo no cômputo geral, com um panorama econômico-financeiro favorável ao Brasil, no governo Lula tivemos um crescimento pífio nos índices sociais IDH). O Brasil ficou atrás de quase todos os países latino-americanos, a exceção do Haiti. O governo Lula gastou mais em publicidade do que em saneamento básico. O que é inaceitável para um governo que se dizia voltado para as questões sociais. E não venham alegar o “Bolsa-Família”, pois esse programa já existia desde os governos FHC. O que Lula fez foi apenas mudar o nome e utilizar esse programa para fins eleitoreiros.
    No mais: Lula não fez a reforma tributária que prometeu; a qualidade do ensino continuou uma vergonha; não tivemos política de segurança pública; as estradas federais ficaram como as vemos nestes dias atuais; o governo gastou oceanos de dinheiro com propaganda enganosa na mídia para iludir os incautos; praticou o mais reprovável clientelismo para manter maioria no Congresso, apoiando corruptos da marca de Renan Calheiros, Sarney, Collor de Melo, impedindo apuração de denúncias contas estes; apoiou ditaduras como a do Irã, Cuba, Líbia, Venezuela...
    Para mim, Lula foi o pior presidente que o Brasil já teve!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.