29 abril 2011

Professor de Fortaleza desabafa: Greve em Fortaleza – Porquê estou aderindo ?


GREVE DOS PROFESSORES EM FORTALEZA

Greve-dos-professores

NE – O Professor Djacyr Souza explica as razões que o levaram a aderir ao movimento grevista dos professores em Fortaleza:

No início tive várias razões para não aderir ao movimento grevista dos professores de Fortaleza. Em primeiro lugar por saber que a greve não é realmente para defender os direitos dos professores e sim para barganhar politicamente a posição dos grupos que comando hoje o Sindicato que está puxando a greve. Vale ressaltar que esta greve é inoportuna e não representa um verdadeiro sentido de luta dos trabalhadores em educação e dos trabalhadores em geral. No entanto, algumas posições e algumas formas de tratamento que são dados aos professores me fizeram refletir sobre qual o papel de nós educadores na conjuntura política hoje posta em prática por governos autoritários que antes bradavam por democracia e liberdade. No primeiro dia de aula tive uma surpresa e uma comprovação de que realmente não se respeita o professor nem o consideram com elemento motivador de uma nova ordem para nosso povo.

Ao sair de sala na hora do recreio fiquei surpreso ao ver que foi servido aos professores café sem açúcar, pasmem, sem açúcar e a justificativa da direção foi simplesmente de que não fora feito cota para comprar café,açúcar e água. Em que repartição pública e privada os funcionários tem fazer cota para tomar um simples cafezinho? Como podemos aceitar um tipo de tratamento deste? Por outro lado fui pressionado pela direção por ter liberado os alunos 5 minutos antes de acordo com o relógio da Escola que vive atrasado e parece não ser pertinente ao horário real de nosso país. Será que o fato de uma turma ser liberada 5 minutos antes provocaria caos na escola? Não posso aceitar esse tipo de tratamento a educadores que produzem, realizam seu trabalho e tem respeito com os alunos buscando seu crescimento e desenvolvimento. Não posso concordar com tipos de gestão destas que estimulam o autoritarismo , a delação e coloca profissionais contra profissionais levando profissionais da escola a assinar documentos contra colegas. Meu Deus onde estamos? Vale ressaltar que minha decisão de forma alguma será maneira de desrespeitar meus alunos que sempre respeitei e agi no sentido de garantir a todos ensino de qualidade e diferenciado do modelo autoritário posto em prática nesta Escola que tem por parte da direção boicotado todo tipo de ação para um ensino diferenciado do marasmo que aí está. Quantos projetos e campanhas não foram estragadas pela mão autoritária da direção e sua miopia pedagógica?

A greve não é apenas por salários como muitos pensam esta é pela dignidade que vem sendo perdida nos modelos de gestão impostas aos educadores onde a preocupação maior não é com a satisfação dos alunos e professores e sim com os privilégios que uma direção biônica pode causar. SOU PROFESSOR COM MUITO ORGULHO E COMPROMISSO, MAS JAMAIS PODERIA ACEITAR POSTURAS AUTORITÁRIAS DE DESRESPEITO A EDUCADORES, ALUNOS, PAIS E COMUNIDADE EM GERAL. ACHO QUE A GREVE DEVERIA SE ESTENDER A TODA COMUNIDADE ESCOLAR QUE É CLARAMENTE HUMILHADA E DESRESPEITADA POR ESTE MODELO ADMINISTRATIVO Estou firme na luta e se quiserem me punir como sempre tem sido uma característica do modelo Petista de Administrar e de seus capachos estou pronto… BLOG: caosnaeducacao.blogspot.com – Para Pensar: O TALENTO CUSTA CARO, AI DE QUEM O TEM ( OTTO LARA REZENDE) Peço humildemente a todos que lerem este artigo que repassem para que as pessoas conheçam como os educadores de Fortaleza tem sido tratados pela Administração Petista que traiu os sonhos dos educadores e está destruindo a educação em nossa cidade. Repasse e divulguem, por favor.

Professor Djacyr Souza

GREVE DOS PROFESSORES EM FORTALEZA

Um comentário:

  1. Estou aderindo,por mais respeito e dignidade...que há muito deixou de existir, piorando nas gestões PT, da DAMA DE VERMELHO que. diga-se de passagem FOI professora (?)...é de enverganar, ter "colega" desse gênero...

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.