08 fevereiro 2011

Padre Ágio comemorou 93 Anos - Por: Armando Rafael


NE - Matéria editada à partir de um artigo do prof. Armando Rafael


No último dia 5 de fevereiro de 2011, Monsenhor Ágio Augusto Moreira chega aos 93 anos de idade. Ele é uma das personalidades marcantes do Cariri. Reside no Belmonte, em Crato, numa casinha singela, de onde pode contemplar as encostas da Chapada do Araripe. Colada a sua residência está a capelinha de Nossa Senhora das Graças. Em frente, fica a Sociedade Lírica do Belmonte, mantenedora da Orquestra Sinfônica Padre Davi Moreira. Sacerdote piedoso, simples, despojado e humilde, Monsenhor Ágio está sempre de benquerença com os semelhantes e a vida. Sua fisionomia sempre risonha deixa transparecer a paz de espírito que leva na alma. Monsenhor Ágio recebeu do Governo do Ceará a Medalha da Abolição, a mais alta comenda do Estado, honraria conferida por seu trabalho como fundador e diretor da Sociedade Lírica do Belmonte, que beneficia cerca de 200 alunos, todos de origem humilde, a maioria filhos de agricultores. Ali eles aprendem técnicas e teorias musicais, bem como a bibliografia dos grandes compositores do mundo. Entre uma missa e outra, Monsenhor Ágio escreve livros. Já teve três títulos publicados. E acaba de escrever mais três: “Tratado sobre as almas do Purgatório”; “A história da devoção a Nossa Senhora das Dores” e “História da bicicleta”. Escreveu também sobre Dom Expedito Lopes, o bispo-mártir de Garanhuns (PE). Dom Expedito tinha particular afeição pelo Padre Ágio, a quem levou, em diversas ocasiões durante as férias escolares do Seminário São José – aonde o Padre Ágio era professor – para auxiliá-lo tanto na Diocese de Oeiras (PI), como na Diocese de Garanhuns, onde Dom Expedito terminou sua profícua existência sendo assassinado pelo Padre Hosana Siqueira.

O Blog do Crato registra com muita satisfação o 93º aniversário natalício de Monsenhor Ágio Augusto Moreira, um homem cuja longa existência foi pautada no bem, na construção do Reino de Cristo em terras do Sul do Ceará.

Por: Armando Lopes Rafael

2 comentários:

  1. Louvável...

    Monsenhor Ágio completa mais um ano de vida.Que benção! Homem de fé, luta e coragem.Obrigado monsenhor por tudo que já fizeste pelo CRato e de forma especial ao povo do Belmonte.

    MR

    ResponderExcluir
  2. Quem já ouviu o relato do Monsenhor Agio sobre a Solibel realmente se emociona. Tem uma personagem, acho que o nome é Luciana Prata, de Barretos-Sp que lé história para filme.
    Parabens meu Monsenhor, aqui uma pessoa que muito lhe admira.
    Jair Rolim

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.