16 fevereiro 2011

CRATO - Notícias da URCA - Universidade Regional do Cariri - 17 de fevereiro de 2011


XIII Semana de Iniciação Científica da URCA acontece de 18 a 25 de fevereiro

A Universidade Regional do Cariri (URCA) realiza, no período de 18 a 25 de fevereiro, com a participação de estudantes dos Campi: Pimenta, CRAJUBAR, Barbalha, Campos Sales e Iguatu, a XIII Semana de Iniciação Cientifica da URCA. O tema deste ano será: Ciência e Cultura: Percursos e Desafios. Estão previstas na programação do evento palestras e apresentações de trabalhos. O objetivo da Semana de Iniciação Científica é proporcionar aos participantes a oportunidade de discussão de temas atuais de Ensino e Pesquisa, por meio da exposição e debate dos trabalhos publicados no evento. Mais informações sobre a relação de trabalhos aprovados, normas para apresentações e do prazo para entrada de recursos, podem ser obtidos por meio do site da URCA, no endereço www.urca.br

Inventário geológico é realizado por técnicos do GA

Uma nova orientação de valores geológicos será possível a partir de levantamento feito no Geopark e no seu entorno. Um inventário geológico está sendo desenvolvido na área do Geopark Araripe e deverá estar pronto em três meses. Esse levantamento irá demonstrar aspectos científico, turístico, cultural e de valor geológico existente na área dos geossítios e no entorno. O trabalho vem sendo coordenado pelos geólogos do próprio Geopark. A equipe se encontra em campo há cerca de dois meses visitando várias cidades da região, inclusive as seis que compõem o Geopark Araripe. Áreas que ainda não receberam a visita de técnicos estão tendo o olhar despertado pelos integrantes do Geopark, abrindo novas possibilidades de aproximação, para estudos futuros e um direcionamento maior no sentido de preservação desses espaços. No início do ano passado, havia sido realizado um diagnóstico por vários técnicos, mas não contemplava uma especificidade maior em relação ao acervo geológico mais apurado.

Era cretácea

Essa realidade tem tudo a ver com o Geopark, levando o conhecimento de uma das áreas mais ricas em fósseis da era cretácea do planeta. Os geólogos Idalécio Freitas e Flávia Lima estão em campo. O trabalho tem a parceria de órgãos como o Departamento Nacional de Proteção mineral (DNPM), Prefeituras Municipais e a comunidade, que faz parte das ações desenvolvidas pelo Projeto Geopark Araripe. Segundo o geólogo Idalécio de Freitas, esse trabalho deverá ficar pronto nos próximos meses. Algumas das áreas já são conhecidas, mas ele afirma que houve a necessidade de retomar esses locais, como forma de fazer um levantamento completo. O inventário já foi realizado em cidades como Barbalha, Missão Velha, Jardim, Brejo Santo, Porteiras, Mauriti. Outros Municípios como Nova Olinda, Crato, Santana do Cariri estarão inseridos também no trabalho. Até os Municípios do entorno, mas que fazem parte da área da Chapada do Araripe serão visitados, como Araripina, Moreilândia e Exu, cidades já no Estado do Pernambuco. Conforme Idalécio, é importante também verificar e reconhecer o valor geológico existente nessas localidades, que estão no entorno do Geopark. A iniciativa de ir aos outros Municípios fora do Geopark é observar outras áreas que irão constar no inventário, com uma orientação dos valores geológicos existentes e que poderão, mais tarde, fazer parte de um projeto de ampliação do Geopark Araripe. O primeiro levantamento multidisciplinar, ano passado, contou com uma equipe de paleontólogos, geólogos, biólogos, geógrafos, sociólogo e historiador, além de técnicos e fotógrafos, e fez parte de um diagnóstico preliminar. Esse trabalho específico também conta com um levantamento fotográfico e relatório técnico de todas as áreas. De posse do material, será possível melhor definir, futuramente, por onde o Geopark Araripe poderá ser ampliado. MAIS INFORMAÇÕES: Escritório Geopark Araripe, Rua Teófilo Siqueira, 754, Centro, Crato - Região do Cariri. Telefone: (88) 3102.1237

Reisado de Máscaras de Potengi inicia filmagens para documentário

O quinto documentário do Projeto “No Terreiro dos Brincantes” registrará o reisado de caretas de Potengi, mais conhecido como o Reisado do Sassaré, liderado pelo Mestre Antônio Luiz. O Reisado de Caretas ou de Couro é um dos poucos da região do Cariri. O projeto é uma iniciativa da Universidade Regional do Cariri – URCA, através da Pró-Reitoria de Extensão – PROEX, Instituto Ecológico e Cultural Martins Filho – IEC e tem a parceria do Coletivo Camaradas. Para a produção desse documentário a Prefeitura de Potengi também entrou na parceria. O objetivo é produzir pequenos documentários sobre as manifestações da cultura popular, mostrando além dos aspectos artísticos e estéticos, e o contexto social onde acontecem as brincadeiras. O material é um importante recurso pedagógico, segundo o coordenador Alexandre Lucas, e poderá ser usado em sala de aula e também como fonte de pesquisa para estudiosos da área.
Os brincantes do Reisado usam máscaras confeccionadas em madeira e couro para dançar ao ritmo da música, marcada por pisadas fortes. De acordo com o Mestre Antônio, o acervo de máscaras vem desde a criação do grupo quando ele ainda tinha 18 anos. Atualmente o mestre tem 54 anos. As primeiras gravações aconteceram no último dia 12, na casa do Mestre, numa descontraída e produtiva conversa. As próximas gravações terão continuidade no próximo dia 19, com registros das danças e entremeios.

Documentários já produzidos: Mulheres do Coco, Mestra Zulene Galdino, Reisado Dedé de Luna e Mestre Cirilo. Para adquirir os documentários, solicitar por escrito cópias na PROEX/URCA, no Campus Pimenta.

Imagens em Expedição Caminhos da Chapada

A Fundação Casa Grande está desenvolvendo projeto em parceria com o Ministério do Turismo. A Expedição Caminhos da Chapada busca captar imagens para a produção de um livro/catálogo sobre a Fundação Casa Grande-Memorial do Homem Kariri, tendo a Chapada do Araripe como cenário, destacando e valorizando sua paisagem natural e cultural. O projeto tem como objetivo fortalecer e consolidar o Turismo de Base Comunitária no município de Nova Olinda – CE e promover e divulgar em mercados e segmentos dinâmicos no Brasil e exterior. Este ano, uma equipe da Fundação Casa Grande estará viajando países da Europa, incluindo Espanha, levando imagens do Cariri e o trabalho da entidade para mostrar ao público lá fora. Além disso, a convite do clube de futebol Barcelona, estarão participando de um trabalho de divulgação do potencial cultural e turístico da região do Cariri, além da experiência exitosa do projeto em Nova Olinda, durante uma semana na cidade espanhola. A Casa Grande é entidade parceira do Geopark Araripe e está integrada a um dos geossítios do projeto.

Assessoria de Comunicação Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617

www.urca.br - Crato, 17 de fevereiro de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.