26 janeiro 2011

Taxímetros são instalados em Juazeiro - Reportagem: Elizângela Santos


O processo de implantação de taxímetros em Juazeiro para todos os veículos vai até o dia 3 de abril - FOTOS: ELIZÂNGELA SANTOS - A adesão no município pelos taxistas está sendo positiva. Eles aguardam, agora, a aferição do Inmetro.

Juazeiro do Norte. A primeira cidade do Cariri a implantar taxímetros no interior do Estado aguarda aferição do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) para iniciar os serviços. Em Juazeiro, os táxis iniciam o processo de padronização, trazendo logomarca com a imagem do Padre Cícero. Os primeiros 35 veículos já estão com os aparelhos nos veículos.

Os taxistas aguardam ansiosos para começar a utilizar o aparelho. Tanto o profissional como os consumidores saem ganhando com o serviço. A regularização na cidade encerra uma era de problemas entre taxistas e usuários dos serviços, pela falta de um parâmetro de cobrança das corridas. A data limite para incluir o adesivo e a instalação de taxímetro em Juazeiro é até o dia 3 de abril. Já a pintura padrão do veículo, na cor branca, pode ser feita até o dia 1º de janeiro de 2016.

No Crato, é iniciado o processo de discussão para implantação da lei, que passará pela Câmara Municipal. O Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) e a Associação dos Taxistas e Mecânicos do Cariri analisam o projeto, construído por meio da participação dos próprios taxistas. Ontem à noite, os profissionais se reuniram na sede da Associação para debater as mudanças também no Crato. "Isso significa um avanço que há muito tempo deveria ter acontecido", diz o presidente da entidade, João Ricarto da Silva, Zé de Altina. Ele afirma que a lei determina a implementação dos serviços em cidades com mais de 50 mil habitantes.

No Cariri isso pode ocorrer em Crato, Juazeiro e Barbalha. Ele afirma que essas melhorias para o setor se dão, principalmente, pela aceitação dos próprios taxistas e acontece de forma democrática. São cerca de 280 táxis em Juazeiro, pelo menos 250 deles cadastrados. Esse trabalho, segundo Zé de Altina, fará com que acabe a atuação dos motoristas clandestinos. A instalação dos taxímetros servirá para referenciar o valor cobrado pelos carros de aluguel em Juazeiro do Norte. A utilização do equipamento atende uma antiga reivindicação da população e medirá o preço de acordo com a distância e tempo em determinado percurso.

Adesão

Os equipamentos são instalados em Juazeiro por uma empresa de Fortaleza. Segundo o taxista Antônio Tenório, os profissionais vêm à cidade apenas no fim de semana. Ele afirma que no Posto Vitória, onde trabalha, dos dez taxistas, apenas dois não instalaram o taxímetro. É o local, conforme o taxista, de maior adesão ao projeto, na Praça Padre Cícero. "Vai ficar muito mais fácil para nós, não ter que ficar dando esclarecimentos aos turistas porque a nossa cidade não tem taxímetro". Pelo Decreto Lei, as tarifas serão fixadas para táxis convencionais e inclusivos em quatro tipos: bandeirada R$ 3,24; bandeira 1, R$ 2,00; bandeira 2, R$ 2,43, e a hora parada R$ 16,20.

Enquete
O que você acha do uso do taxímetro?

"Há 20 anos trabalhei em São Paulo e utilizei o taxímetro em meu veículo. É muito importante o uso do equipamento"

Antônio Tenório
Taxista

"O consumidor ganhará. Uma corrida da Pç. Padre Cícero para o Socorro, com o taxímetro, será R$ 6,00. Antes era de R$ 10 a R$ 15"

José Leite
Taxista

"Instalarei o equipamento no meu veículo neste fim de semana. Acho importante que todos possam cumprir a legislação"

José Carlos dos Santos Gomes
Taxista

MAIS INFORMAÇÕES

Associação dos Taxistas e Mecânicos do Cariri
Rua Vicente Tavares Bezerra, S/N - Centro, Crato - CE/ (88) 3521.3831

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Diário do Nordeste
Colaboradora do Blog do Crato e Chapada do Araripe OnLine

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.