28 dezembro 2010

Gastou demais? Saiba como cortar despesas e não ter dívidas em 2011


O passo mais importante, segundo especialistas, é anotar todos os gastos durante um mês e identificar o que pode ser cortado. No Brasil, acredite, ainda tem gente indo às compras pra aproveitar a liquidação pós-Natal. Se você exagerou nos presentes e está preocupado com a fatura do cartão, não está sozinho. É hora de por as finanças em dia pra entrar 2011 no azul.

Essa empolgação consumista de fim de ano, muitas vezes, prejudica ou estoura o orçamento. E aí pode faltar dinheiro para pagar a tradicional avalanche de contas que chega no início do ano. Para quem já está nessa situação, os especialistas tem algumas dicas para ajudar a pagar as dívidas.

Ano Novo que nada! Pelo movimento do comércio, ainda tem muito brasileiro em clima de Natal. “Ainda tem presente de amigo secreto que está faltando”, comentou uma jovem. Afinal, há um estímulo extra: algumas lojas anteciparam a temporada de liquidações. “Cheguei e comprei. É coisa de momento”, disse uma senhora. Os números reforçam o clima de otimismo nessa virada de ano. As vendas nos shoppings cresceram 13% em relação ao Natal de 2009. Óculos, bijuterias, perfumes, cosméticos e eletroeletrônicos encabeçam a lista dos produtos mais procurados. Mas, para alguns, a farra das compras também tem um gostinho de ressaca. “Na hora da fatura, a gente fala que deveria ter gastado menos”, avalia uma senhora. “Vou entrar o ano endividada”, brinca uma paulistana. Edgar da Silva parcelou os presentes em até dez vezes. “Em outubro do ano que vem, vou continuar lembrando o Natal, com certeza”, disse.

Não tem segredo: a matemática e o calendário são impiedosos nessa época do ano. Gastou mais do que podia no Natal? Prepare-se: tem mais gastos e mais dívidas pela frente – e sem direito ao 13º salário. “É IPVA e IPTU para quem tem casa própria e um monte de outras coisas. São muitas contas”, cita uma senhora. A primeira dica para equilibrar o orçamento é: trocar dívidas que tem juros mais altos como a do cheque especial e a do cartão de crédito por outras mais baratas.

“Vá para um credito consignado ou a um credito pessoal. Isso significa você ter mais condições de você alongar sua dívida com juros baixos. É importante que você corte gastos no momento certo e na hora certa”, explica o educador financeiro Reinaldo Domingos. O passo mais importante, segundo o educador financeiro, é anotar todos os gastos durante um mês e identificar o que pode ser cortado. Para evitar conflitos em casa, outra dica é envolver toda a família na discussão e estabelecer as prioridades de cada um para o ano que vem.

“Temos de ter um novo comportamento, uma forma diferente de fazer. O que eu ganho eu tiro para os meus sonhos e depois adequar um padrão de vida que caiba no meu bolso, para que a gente possa realizar mais sonhos e mais desejos no próximo ano. Portanto, não tenha dó: corte gastos e realize sonhos”, conclui o educador financeiro Reinaldo Domingos. O levantamento feito pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping mostra que a contratação de temporários também cresceu 13% em relação ao mesmo período do ano passado. A expectativa é que 25% deles sejam efetivados nas vagas, o que representa mais 32 mil pessoas empregadas em 2011.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.