11 novembro 2010

Tiririca passa no teste de leitura, e pode assumir como deputado federal


NE - O "Cara" conseguiu...

Depois de muita polêmica, a confirmação: Tiririca sabe ler e escrever, e, por isso, pode assumir seu cargo de deputado federal eleito por São Paulo com mais de um milhão de votos.

Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), o Tiririca, teve êxito no teste de leitura e escrita feito nesta quinta-feira pela Justiça Eleitoral. Walter de Almeira Guilherme, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), contou que Tiririca fez um ditado tirado de um livro editado pelo tribunal: "Justiça Eleitoral, uma retrospectiva". A frase ditada foi extraída aleatoriamente de um livro da Justiça Eleitoral. "A promulgação do código eleitoral em fevereiro de 1932 trazendo como grandes novidades a criação da Justiça Eleitoral."

Ainda de acordo com o presidente do TRE-SP, Tiririca teve de ler uma notícia de jornal e fazer uma interpretação do que leu e escreveu. As manchetes foram "Procon manda fechar lojas que vendem produtos vencidos" e "O tributo final a Senna".

O presidente do TRE-SP ressaltou, porém, que a decisão sobre a diplomação de Tiririca caberá ao juiz Aloízio Silveira, da primeira zona eleitoral.

A polêmica começou depois de uma reportagem da revista Época, poucas semanas antes da eleição, apontando que Tiririca era analfabeto, de acordo com pessoas que trabalhavam e conviviam com ele. No ato do registro da candidatura, Tiririca, assim como todos os candidatos, entregou um documento atestando que tinha o primeiro grau incompleto, mas que sabia ler e escrever. O documento foi submetido à perícia, que apontou irregularidades na caligrafia - uma pessoa poderia ter escrito por Tiririca. O palhaço se recusou a fazer a perícia do documento, o que foi aceito pelo TRE-SP, já que ninguém é obrigado a produzir uma prova contra si mesmo.

E assim o deputado federal Tiririca será diplomado.

Yahoo Notícias

9 comentários:

  1. Tai uma palavra difícil de ser escrita, Justiça, entretanto Tiririca conseguiu no duplo sentido. Mais uma vez recebe um diploma da vida, parabéns e êxito nesta nova função (Deputado Federal), pois ser palhaço, negro e Nordestino não é mole não.

    Rosemary Borges Xavier

    ResponderExcluir
  2. Engraçado essas fotos do Tiririca: Toda vez em que eu vejo, com essa pulseira grossa e uns homens junto dele, tenho a impressão de que ele está sendo carregado algemado. Já vi que pulseiras grossas não caem bem em ninguém...

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  3. Que bom que Tiririca mostrou que sabe ler e escrever. Até porque 90% dos nossos representantes politicos sejam eles: vereadores, deputados,senadores, etc.... não sabem se quer delimitar um projeto.Até porque existem os escritórios com pessoas capacitadas para este fim. Portanto, saber ou não o que faz um deputado, como diz Tiririca, a gente aprende no decorrer do processo. Aprendizagem acontece do nascimento até a morte.Com certeza não vai faltar quem queira colaborar com o Tirica na elaboração de suas propostas de trabalho. Se ele ganhou de Gabriel Chalita.... quem somos nós para criticá-lo??????É mais um nordestino arretado no poder . Se vai ser sucesso ou não só o tempo irá registrar.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que Tiririca provou que sabe ler e escrever. Se não é um escritor formal e um leitor com proficiência, isso não vai interferir no seu mandato. Até porque 90% dos nossos representantes entregam as suas propostas e projetos aos chamados escritórios de apoio.Existem técnicos capacitados para dar suporte a maioria dos vereadores, deputados ,etc.Então se Tiririca sabe e conhece ou não qual o papel do deputado, poderá aprender no processo. Afinal somos aprendizes do nascimento até a morte. Se ele ganhou de Gabriel Chalita, quem somos nós para criticá-lo....Com certeza é mais um nordestino no poder e dando muita inveja a políticos burgueses que se acham donos da cadeira de deputado. Veremos ao longo do seu mandato se vai ser um sucesso ou não.Lembrem-se: estamos na era da inclusão.

    ResponderExcluir
  5. Que bom que Tiririca provou que sabe ler e escrever. Se não é um escritor formal e um leitor com proficiência, isso não vai interferir no seu mandato. Até porque 90% dos nossos representantes entregam as suas propostas e projetos aos chamados escritórios de apoio.Existem técnicos capacitados para dar suporte a maioria dos vereadores, deputados ,etc.Então se Tiririca sabe e conhece ou não qual o papel do deputado, poderá aprender no processo. Afinal somos aprendizes do nascimento até a morte. Se ele ganhou de Gabriel Chalita, quem somos nós para criticá-lo....Com certeza é mais um nordestino no poder e dando muita inveja a políticos burgueses que se acham donos da cadeira de deputado. Veremos ao longo do seu mandato se vai ser um sucesso ou não.Lembrem-se: estamos na era da inclusão.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Otilia.Você acertou na mosca.
    Tem muito doutor letrado, que anda morrendo de inveja.
    A posse vai ser um sucesso.

    ResponderExcluir
  8. O Brasil tem dessas incoerências:
    Se a lei diz que aqui o analfabeto tem direito ao voto, por que outro analfabeto não pode ser representante desse povo?
    Viva a voz que não sabe ler dos grotões da miséria e do atraso!

    ResponderExcluir
  9. Tiririca é o novo Lula ! - A história do garoto pobre nascido no Nordeste que conseguiu chegar lá.

    NE - A Vitória sobre o Preconceito.

    Não restam dúvidas de que a candidatura do palhaço Tiririca causou uma grande polêmica nos últimos meses. Mas porque, afinal ? Por ele ser um artista, um cômico, um palhaço ? por ele ser de origem humilde ? Pelo fato dele ser semi-analfabeto ? Com a vitória do presidente Lula nas eleições passadas, já ficou provado que diploma escolar não é atestado de um bom governo. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, formado na Sourbone, tão laureado pela mídia internacional, não conseguiu fazer o país se desenvolver como o candidato que todos chamavam de "ignorante", o Lula. Hoje o Brasil é um novo país, tem uma das mais sólidas economias do planeta, graças a esse cabeça-chata que veio lá dos grotões do pernambuco.

    O que havia, na realidade, era um grande preconceito por parte das elites paulistas, que não queriam perder a hegemonia, da eterna política "Café com leite", formada por grandes latifundiários. Lula tem o grande mérito de provar para o mundo, que governar uma nação não tem nada a ver com conhecimento e muito menos, com diploma. Mesmo sem experiência administrativa, e trazendo uma história de vida baseada na Luta de classes, que passou a vida pregando, Lula deu a volta por cima, formou uma equipe competente e honesta, que assumiu as rédeas da nação e nos trouxe do caos dos últimos anos da era FHC para esse mar de rosas que vivemos na atualidade.

    E mesmo aqueles que odeiam o Lula, que detestam a sua maneira "ronha" de falar, cometendo erros de português incessantemente, hão de concordar que um de seus maiores méritos foi vencer o preconceito. Preconceito de ser pobre, preconceito de ter uma origem humilde, de não ter tido uma educação boa, preconceito por não ter tido escolaridade, preconceito pelo fato de ele nunca ter sido um grande empresário como Antonio Ermírio de Morais, e até o preconceito que alguns têm pelo fato de ele ter apenas nove dedos. Não obstante, Lula fundou um partido que se propunha a um grande ideal: defender os interesses dos trabalhadores. Mas Lula chegou à presidência da república, quer gostem ou não. Quer tenham preconceito ou não.

    Tiririca foi realmente o grande fenômeno destas eleições. A sua candidatura causou polêmica. É a história de mais um garoto pobre e semi-analfabeto, que saindo dos grotões de miséria do sertão nordestino, lutando contra todos aqueles preconceitos, batalhou e venceu por uma vaga no Congresso Nacional. Se Lula teve o mérito de provar que não se precisa ter nível superior para governar uma nação, Tiririca certamente há de nos provar que para ser Deputado, muito menos há coisas envolvidas.

    Então, se temos um país equilibrado, de economia sólida, cujo presidente sofreu todos os achaques de preconceito só pelo fato de gostar da cachaça ( paixão do Brasileiro ), por não ter escolaridade, por não ter uma história de tradição familiar, porque não termos a figura de um Deputado palhaço ? Pela primeira vez na história desse país, um Deputado assume aquilo que muitos têm sido até então: Palhaços disfarçados. Tiririca vai exercer apenas o talento que Deus lhe premiou de batismo: O de ser um palhaço de fato e de direito, desse imenso circo chamado Brasil, que talvez tenha precisado de um verdadeiro representante da classe humorística para nos mostrar o que tem sido o congresso nacional nos últimos tempos.

    Como disse o grande imperador romano Júlio César : Ele foi. Ele Viu. Ele Venceu!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.